Porto Velho/RO, 17 Julho 2020 01:11:28

CarlosSperança

coluna

Publicado: 17/07/2020 às 01h10min | Atualizado 17/07/2020 às 01h11min

A-A+

Gazola vem pelo PV e PDT busca alianças para as eleições municipais deste ano

Não é um foguinho “Chega! Acabou!” A tensa reunião ministerial em que o presidente Jair Bolsonaro fez estas exclamações serviu de..

Não é um foguinho

“Chega! Acabou!” A tensa reunião ministerial em que o presidente Jair Bolsonaro fez estas exclamações serviu de estímulo à sociedade para concluir que o governo parou de se enredar pelas tramoias da polarização e começou a governar mais seriamente. Com um ministro bem-educado na pasta da Educação e o vice-presidente Hamilton Mourão separando o joio do trigo no trato da Amazônia, abre-se a perspectiva de mais Brasil: a verdade libertadora acima das brigas de rua.

As pressões dos investidores e clientes externos não são, ao contrário do que o governo pensava, frutos de uma “narrativa” dos gafanhotos verdes, mas a constatação da realidade que a ciência expõe claramente: o desmatamento explodiu, o clima piorou e queimadas sem controle, com um fumacê crescente sobre as cidades, vão multiplicar o efeito da pandemia, colando-a nos males sazonais de sempre.

Chega de supor que o mercado por si só vai dar um paradeiro aos crimes cometidos na floresta. É nas horas de dificuldade que o Estado precisa aplicar suas políticas consagradas pela civilização e claramente expostas na Constituição, a lei que está acima de todos. A proibição das queimadas por quatro meses é um claro sinal de reconhecimento por parte do governo brasileiro de que os problemas da Amazônia foram criados aqui dentro e não por uma conspiração alienígena.

………………………………………………………………….

Mais um

O Partido Verde se prepara para lançar o empresário Jayme Gazola como candidato a prefeito em Porto Velho. Nos bastidores sabe-se que o deputado estadual Hermínio Coelho, que seria o postulante da legenda, desistiu da parada e vai tentar recomeçar sua carreira política na peleja buscando uma das 21 cadeiras da Câmara  de Vereadores da capital. Hermínio tem crédito político para tanto, foi um excelente vereador na década passada.

As alianças

O PDT já tem algumas alianças alinhavadas no interior do estado para as eleições de novembro. Uma delas será com o ex-deputado estadual  Tziu Jidaias (Solidariedade) em Ariquemes. Um nome digerível para a coalizão que está se formando em vista da competência do empresário que foi um deputado estadual atuante em favor dos interesses da população de Ariquemes e de todo o Vale do Jamari. Seguem as costuras.

Auxilio federal

No início da semana os prefeitos  brasileiros festejaram a entrada de recursos da União liberados pelo presidente Bolsonaro na ordem de R$ 60 bilhões como forma de compensação pelas perdas em suas respectivas arrecadações. Duas parcelas já foram liberadas de R$ 15 bilhões  cada e sem dúvidas a medida foi decisiva ao combate ao coronavius e ao pagamento dos servidores municipais. Não fosse isto a coisa estaria feia para os prefeitos. 

Com pandemia

Mesmo com a pandemia, as invasões das terras indígenas e parques nacionais seguem causando sérios danos ao meio ambiente. A apreensão de madeiras pelas rodovias aumentou 900 por cento. Também os traficantes aumentaram as atividades, já que toneladas de maconha têm sido apreendidas desde o início do ano pela BR-364 oriundas do Paraguai o maior produtor da “erva” na América do Sul. Coisa de louco!

Os confrontos 

Com interesses díspares desde a trágica convenção de 2018, raupistas e confucionistas terão que se entender quanto aos candidatos a prefeitos no estado nas convenções para ratificar as candidaturas do MDB. O grupo político do senador Confúcio e do deputado federal Lucio Mosquini, reeleito coordenador da bancada federal, já tem o controle do partido e deve fazer valer a autoridade na legenda, inclusive em Porto Velho

……………………………………………..

Via Direta

*** A retomada das atividades das empresas aéreas em Porto Velho ocorre com muitas promoções. Vamos aproveitar torcida brasileira*** Tudo aberto, tudo solto e muita desobediência quanto as regras da Organização Mundial da Saúde quanto a pandemia em Rondônia*** Com distanciamento social baixo, a tendência é uma nova escalada da doença daqui algumas semanas*** Os  21 vereadores de Porto Velho vão enfrentar alguns ex-deputados estaduais no pleito de 15 de novembro. Serão duelos importantes para a sobrevivência política dos postulantes*** Com o naufrágio  na criação do partido Aliança Para o Brasil os bolsonaristas estão voltando com o rabo entre as pernas para o PSL*** A legenda não se faz de rogada para voltar com força para a base aliada do Palácio do Planalto tomada pelo “Centrão”.

 


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas