Porto Velho/RO, 31 Agosto 2021 17:50:14
Sociedade

Grupo afirma que pássaros não são reais e que eles teriam sido substituídos por drones (sério)

Responsável pela decisão de substituir os pássaros por drones teria sido o ex-presidente dos EUA, Barack Obama

Por ZAP
A-A+

Publicado: 10/07/2021 às 17h32min | Atualizado 10/07/2021 às 17h50min

O movimento “Birds Aren’t Real” (Pássaros não são reais), que afirma que os pássaros não são reais, organizou uma manifestação nos Estados Unidos (EUA) defendendo que os animais foram substituídos por drones.

O grupo defende ainda que o responsável pela decisão de substituir os pássaros por drones seria o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, em 2001. De acordo com o movimento, esses pássaros robôs são usados ​​para monitorar a população, noticiou o IFLScience.

“Onde tudo começou. 26 de outubro de 2001”, informa a legenda de uma publicação do grupo na sua página oficial no Instagram. “No dia em que o fraudulento e perverso Patriot Act foi aprovado pelo Congresso. Não posso assistir a esses vídeos horríveis em público, tremo incontrolavelmente de raiva. Choro. Não consigo ficar quieto”, afirma.

“Depois de o governo ter matado o último pássaro de verdade, em 2001, lançou as versões beta do primeiro protótipo de drones de pássaros, como divulgado nessas filmagens. QUE COINCIDÊNCIA que em 27 de outubro de 2001, PEARL HARBOR aconteceu. Ainda assim, ninguém parece ver a correlação. Ovelhas”, acrescenta ainda.

“Me chamem de desinformado, de estúpido, de pouco educado, eu não me importo. Só porque não fui para o ensino médio não significa que seja menos inteligente. Simplesmente não sofri lavagem cerebral e fui institucionalizado como todos vocês”, conclui a publicação.

O movimento, que conta com vários apoiantes, organizou uma manifestação em Springfield, no Missouri, na qual um grande número de pessoas se fez presente.

Concebida pela primeira vez por um estudante universitário, em 2017, a teoria da conspiração afirma que, na década de 1950, a CIA pretendia vigiar toda a população dos EUA e impedir que os pássaros defecassem nos carros dos seus agentes, tendo substituído esses animais por robôs.

Segundo a mesma teoria, em 1969, o presidente John F. Kennedy foi assassinado por se opor ao plano, depois de ver um protótipo do “Turkey X500”. Após vários testes e atualizações, continua a teoria, os pássaros foram soltos no meio ambiente, em 2001, por Obama. (ZAP)



Deixe o seu comentário