porto velho - ro, 21 Setembro 2019 11:06:13

    CarlosSperança

    coluna

    Publicado: 16/09/2019 às 11h49min | Atualizado 16/09/2019 às 11h53min

    A-A+

    Guedes não se cansa de conspirar contra a Zona Franca de Manaus

    Desde que assumiu, o ministro da Economia Paulo Guedes não se cansa de conspirar contra a Zona Franca de Manaus.

    Fatos desprezíveis

    Entre fogaréu, as trocas de insultos e notícias falsas trouxeram mais calor que luz para a compreensão dos problemas amazônicos. Além de prejudicar a imagem do Brasil no exterior, são fatos desprezíveis que, até por isso, precisam ser descartados se existe a intenção séria de achar a saída para problemas que não podem ser mascarados com negacionismo.

    Há três pontos que precisam ser focados de imediato para reverter à má imagem no exterior e recuperar o capital político perdido pelo presidente Jair Bolsonaro. O primeiro é vencer a campanha contra nossos produtos, que ao desmotivar os consumidores prejudica as exportações e abala as relações internacionais, como o comemorado acordo entre a União Europeia e o Mercosul, agora em xeque. O segundo é recolocar o Brasil na vanguarda da defesa ambiental, conquistada com muitas dificuldades.

    O terceiro resolveria os dois anteriores: combater queimadas e derrubadas criminosas oferecendo ao mundo o máximo de preservação em troca de financiamento para a infraestrutura e aproveitamento da biodiversidade sem perda de soberania. A proposta de usar a tecnologia blockchain é só uma de várias possibilidades a ser aproveitadas positivamente, sem brigas e com ganhos rápidos para a imagem e a credibilidade do Brasil.

    ……………………………………………………

    Imigração japonesa

    A região amazônica abriu as comemorações alusivas aos 90 anos da colonização japonesa. No estado de Rondônia a maior concentração dos imigrantes é em Porto Velho, onde temos uma presença marcante desde a criação da colonia na estrada dos japoneses. No Cone Sul rondoniense já tivemos um deputado estadual eleito, Jô Sato e um prefeito, Japonês da Granja, em Vilhena. Kuroda foi um baita secretário de Obras na capital.

    Caprichando o visual

    O prefeito de Porto Velho Hildon Chaves capricha no visual da cidade aproveitando os derradeiros dias de sol escaldante em nossos lombos. Logo em seguida, a partir do final de outubro, ele enfrentará mais uma  estação das chuvas. Sua equipe garante que neste inverno a prefeitura terá condições de tocar suas obras. Ocorre que foi feita muita drenagem e isto vai facilitar obras de cascalhamento e pavimentação.

    Ainda as creches

    Tanto o governo de Rondônia como a prefeitura de Porto Velho precisam melhorar as articulações da área social com os organismos federais no tocante a conclusão de várias creches na capital. A grita por falta de vagas nas creches é enorme nas regiões mais populosas da cidade impedindo a mulher trabalhadora –muitas até abandonadas pelos maridos pilantras – de acesso ao mercado de trabalho.

    Poder feminino

    Caso se confirme nas urnas a tendência atual, da eleição do deputado federal Leo Moraes (Podemos) considerado favorito na largada à prefeitura de Porto Velho, pela primeira vez a bancada feminina de Rondônia na Câmara dos Deputados contará com quatro representantes. Ao lado de Silvia Cristina (PDT), Mariana Carvalho (PSDB), e Jaqueline Cassol (PP), entraria Marinha Raupp (MDB) suplente de Leozinho.

    Um conspirador!

    Desde que assumiu, o ministro da Economia Paulo Guedes não se cansa de conspirar contra a Zona Franca de Manaus (que é também de Rondônia e do Amapá). Em recente encontro com industriais do sul maravilha, o ministro voltou atacar o modelo adotado na Amazônia. Os deputados federais e senadores da região estão de olho nas articulações do ministro já que pólo industrial reflete na economia de todo o Norte do País.

    ………………………………………………………………

    Via Direta

    *** A Energisa-Ceron iniciou uma operação de caça aos “gatos” (ligações elétricas clandestinas) via satélite*** Até ricaços conceituados estão entrando na peneira *** Os governadores do Norte se uniram e conseguiram reabilitar os recursos do Fundo da Amazônia para combater as queimadas e outras tretas na região Amazônica*** O PDT estadual esta confirmando a realização de grande encontro do partido em Ji-Paraná no próximo mês de outubro *** A deputada federal Silvia Cristina já percorre o estado mobilizando a militância da agremiação.


    Escreva um comentário

    sobre Carlos Sperança

    Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

    Arquivos de colunas