Porto Velho/RO, 01 Fevereiro 2020 23:58:51

    Victoria Angelo

    coluna

    Publicado: 29/01/2020 às 19h22min | Atualizado 29/01/2020 às 20h03min

    A- A+

    Heleno pediu a demissão de Weintraub ao Presidente Bolsonaro.

    Weintraub respira em aparelhos e se agarra nos "apoiadores" do Twitter para conseguir se manter no cargo. É certa a saída do ministro!

    Presidente Bolsonaro recebeu ligação do seu ex-professor e uma das pessoas que exerce influência direta no presidente, o General Augusto Heleno que atualmente exerce a chefia do GSI. Heleno teria permanecido por 15 minutos com o presidente e o assunto foi a saída de Weintraub e o nome a ser consturado para o MEC. A saída do ministro da educação Weintraub é questão de horas, afirma uma fonte ligada ao Palácio do Planalto que assessora o MEC.

    Por Cris Lobo e Gerson Camarote Globo News.

    Heleno reclama.

    O general Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), disse hoje que o MEC (Ministério da Educação) acabou “extremamente contaminado” por diferentes “ideologias” e, por isso, precisa agora ser “descontaminado dos dois lados”. As declarações foram dadas em entrevista à rádio CBN.

    Questionado sobre os erros no Enem(Exame Nacional do Ensino Médio) e a disputa judicial que chegou a impedir a divulgação dos resultados do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), Heleno disse que a prova foi “impecável, sem conotação ideológica”, mas afirmou que “inegavelmente, o Ministério da Educação foi um ministério extremamente contaminado [ideologicamente]”.

    “Agora, tem que ser descontaminado dos dois lados. Não pode ter conotação ideológica na educação”. Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI.

     

    general Augusto Heleno, ministro-chefe do GSIImagem: Pedro Ladeira/Folhapress.

    Weintraub: A queda.

    Heleno defendeu, ainda, que a educação deve ser “neutra ideologicamente” para “tratar dos assuntos que realmente significam a formação da mão-de-obra brasileira”.

    O ministro classificou como “lamentável” a disputa judicial sobre a liberação dos resultados do Sisu por afetar “uma juventude que se esforça para vencer todos os problemas”.

    “Se houver nomes responsáveis pelo erro, é óbvio que tem que ter punição. Por enquanto, está tendo uma investigação e há indícios de que tenha sido uma falha mecânica”, disse.

    Ministro Abraaham Weintraub faz sátira com o guarda-chuva – @AbrahamWeint no Twitter.

    O texto acima foi construído com as informações publicadas por Cris Lobo e Gerson Camarote em Globo News.

     


    Deixe o seu comentário

    sobre Victoria Angelo Bacon

    Colaborador do Diário da Amazônia - Jornalista e professora de Língua Portuguesa e Comunicação. Graduada pela Universidade do Estado do Paraná. Especialista em Mídias Sociais pela PUC/PR. Assessora de Comunicação do Governo de Rondônia. Lecionou disciplinas de Comunicação e Linguagem na UFAM, UAB/UNB e Rede Pública de Educação de Rondônia. Secretária Executiva da Universidade Federal de Rondônia e dirigente sindical do SINTUNIR- UNIR. Colunista e apresentadora no Rondoniaovivo do programa Diálogo. Âncora do programa Diálogo nas Redes Sociais na Rede TV Rondônia em 2020.

    Arquivos de colunas