porto velho - ro, 21 Setembro 2019 11:36:30
    Polícia

    Homem é preso com documentos falsos dentro do Detran

    Ele recebeu voz de prisão e conduzido a Central de Polícia

    A-A+

    Publicado: 13/09/2019 às 10h48min | Atualizado 13/09/2019 às 14h52min

    S.L.C., de 44 anos, foi preso na quinta-feira (12) pelo corregedor geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Rondônia, delegado Glauco de Paula Souza, acusado de usar documento falso para se auto-beneficiar. Segundo o corregedor geral, o acusado procurou a Coordenadoria Metropolitana de Trânsito (Cometran), setor de Habilitação e abriu processo de alteração de dados em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), apresentando três certificados falsos. Ele recebeu voz de prisão e conduzido a Central de Polícia.

     

    O delegado Glauco de Paula disse que a atual direção geral do Detran tem feito um trabalho muito forte voltado ao combate aos crimes de fraude no sistema da autarquia e que os servidores são qualificados e sempre atentos para não deixar que nenhum falsário consiga o seu intuito de mudar de categoria de CNH ou ser habilitado para transportes de produtos ou de pessoas que exigem qualificação específica.

    Neste caso que envolve S.L.C., ele apresentou três certificados falsos do Serviço Social do Transporte (Sest/Senat), sendo de Condutores de Veículo de Transporte Coletivo de Passageiro, Condutores de Veículo de Transporte de Produtos Perigosos e Condutores de Veículos de Transporte Escolar. “Ao perceber que os certificados eram falsos, a servidora acionou a Corregedoria Geral do Detran, nos dirigimos imediatamente ao local e onde constatamos o fato, o indivíduo recebeu voz de prisão e foi conduzido a central de polícia”, disse o corregedor Galuco de Paula.

    Atuante no combate a fraudes no sistema a Corregedoria do Detran, tem efetuado várias prisões em flagrante. No dia 7 de agosto deste ano foi preso pelo mesmo motivo o falsário José Ernandes Veloso Ferreira Martins, que tentou alterar dados da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), usando documento de identidade falso, confeccionado por ele mesmo há três anos. Ele foi preso em flagrante delito na área de atendimento ao cidadão na sede da Cometran em Porto Velho.

    De acordo com o corregedor geral do Detran, delegado de polícia Glauco de Paula Souza, o falsário que era objeto de investigação de vários órgãos de segurança, por suspeita crimes similares e de outros não menos graves, começou a ser descoberto quando solicitou no guichê da Cometran a alteração de seus dados na CNH, indicando que seu antigo CPF havia sido cancelado.

    Corregedor lembra que no início do mês de junho uma quadrilha também foi presa em flagrante tentando liberar uma camioneta apreendida, usando uma procuração falsa.

    Fonte: Rondoniaovivo



    Escreva um comentário