porto velho - ro, 21 Setembro 2019 22:30:33
    Polícia

    Homens são presos após agredir rapaz por ele ser gay; veja vídeo

    Rapaz de 24 anos teria sido agredido por três rapazes

    Por iBahia
    A-A+

    Publicado: 17/07/2019 às 16h52min

    Foto: Reprodução/TV Anhanguera

    Dois homens de 20 anos foram presos como principais suspeitos de agredir um jovem de 24 anos, que acredita que o ataque aconteceu por ele ser gay. O caso aconteceu no dia 6 de julho, em Goiânia (GO).

    O delegado Carlos Caetano, que investiga o caso, contou ao G1 Goiás que um dos rapazes presos afirmou ter sido provocado pela vítima e por isso a agrediu com socos. Já o segundo preso nega a agressão, e ambos dizem que o caso não aconteceu por homofobia.

    O advogado de defesa dos acusados, Eduardo Brown, afirmou ao G1 que seus clientes não são homofóbicos e “são pessoas ilibadas e de boa índole, que convivem em sociedade em perfeita harmonia”.

    Já o jovem agredido fez a denúncia por homofobia. Ele contou à polícia que foi xingado e agredido por três rapazes, e dois deles correram atrás dele na rua. O terceiro homem jogou um copo de vidro no rosto da vítima, ainda segundo o depoimento dela.

    O jovem de 24 anos contou ao G1 que esse terceiro rapaz ainda disse que ele merecia morrer. “Me xingando de ‘viado’, de ‘bicha’, falando que minha roupa era roupa de ‘bicha’, que eu tinha que morrer porque não é certo ser ‘viado’. Que eu era ‘viado’ porque eu não apanhei o suficiente quando eu era criança. Que eles iam me ensinar a ser homem na porrada”, afirmou.

    O jovem fez exame de corpo de delito e registrou o boletim de ocorrência. O caso foi registrado inicialmente como injúria e lesão corporal, mas será mudado para se enquadrar na Lei do Racismo, que se enquadra da mesma forma que a homofobia, como crime inafiançável.



    Escreva um comentário