porto velho - ro, 17 Abril 2019 06:47:13
Polícia

Irmão de piloto que levava Boechat morreu em outro acidente aéreo

Rogério Quattrucci também era piloto comercial de helicóptero e morreu em acidente parecido em 1998 após colidir com morro em Santana de Par

Por R7
A- A+

Publicado: 11/02/2019 às 16h16min

Se preferir, ouça a versão em áudio

Rogério Quattrucci faleceu em 1998, em acidente no Morro de Aldeia da Serra
Reprodução/Facebook

O acidente que vitimou três pessoas, entre elas o jornalista Ricardo Boechat, marcou uma infeliz coincidência.

Há 21 anos, o piloto Rogério Quattrucci faleceu em uma situação parecida com a de Ronaldo, seu irmão, que transportava Boechat de Campinas a São Paulo.

Rogério pilotava um helicóptero e faleceu ao colidir com um morro em Santa do Parnaíba, na região metropolitana de São Paulo. Os irmãos Ricardo Marques da Cruz e Leonardo Marques da Cruz estavam na aeronave e também foram a óbito.

VEJA MAIS: Vídeos mostram acidente que matou Ricardo Boechat

Colega de profissão e amigo de Rogério, o Comandante Hamilton, da Record TV, contou sobre o ocorrido com o irmão de Ronaldo.

“Foi em 1998. Ele se chamava Rogério Quatrucci. Estava no helicóptero, voou e se chocou no Morro de Aldeia da Serra”, diz Hamilton, que explica: “Estava de noite, com visibilidade ruim. Ele (Rogério) bateu no morro sem enxergá-lo”.

Saiba mais sobre Ronaldo Quattrucci

Ronaldo se tornou piloto em 1999, um ano após morte de seu irmão
Reprodução/Facebook

Piloto responsável pelo voo que transportava Boechat, Ronaldo Quattrucci tinha 20 anos de experiência na função — tirou o brevê (documento que permite ao seu titular pilotar aeronaves) em 1999, um ano após a morte de seu irmão, Rogério.

Casado, ele era o dono da empresa RQ Helicópteros, com uma frota de três helicópteros.

 



Escreva um comentário