Porto Velho/RO, 11 Outubro 2021 14:08:50

J.Nogueira

coluna

Publicado: 11/10/2021 às 13h24min | Atualizado 11/10/2021 às 14h08min

A-A+

Ji-Paraná Acontece

Faleceu no final de semana, em São Paulo, a adolescente Kayla Paiva (17 anos), nascida em Ji-Paraná, vítima de leucemia

FALECIMENTO

Faleceu no final de semana, em São Paulo, a adolescente Kayla Paiva (17 anos), nascida em Ji-Paraná, vítima de leucemia (Câncer no sangue), em uma unidade de saúde da capital paulista. A jovem lutava pela sobrevivência há 10 anos, chegando a mobilizar centenas de pessoas em todo o estado, e até artistas de renome nacional, em busca de recursos para cobrir o tratamento. A notícia veio através das redes sociais, pela a família.

LAMENTO

Em suas redes sociais, o senador Acir Gurgacz (PDT), lamentou o falecimento da jovem Kayla Paiva, vítima de Câncer (leucemia), em São Paulo. Segundo ele, após anos lutando pela vida, Kayla descansou, mais antes, o quanto pôde para continuar entre seus familiares e amigos. “Ela mostrou toda a sua força para continuar vivendo, foi uma guerreira. Agora, passa a ser uma estrela continuando a brilhar”, declarou.

MUDANÇA

E a 2ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Ji-Paraná, fechará suas portas para atendimento ao público, por um bom tempo. O motivo, reforma geral pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO). Neste período, os usuários do órgão serão atendidos no antigo prédio do Fórum do Judiciário (Hugor Hauller), localizado na avenida Ji-Paraná, atualmente, sediando a Sub-Prefeitura de Ji-Paraná. Fontes afirmam que o Poder Executivo cederá três salas por oito meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

SÓ EM 2022

E o ‘menino’ dos olhos do prefeito, Isaú Fonseca (MDB), o projeto “Poeira Zero” não sairá do papel para a execução neste ano. Segundo o secretário de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Cleber Littig, a pavimentação só começará em 2022, após o fim do inverno amazônico, ou seja, provavelmente, a partir do mês de abril. Mas Littig, garantiu que todos os trâmites burocráticos estão bem adiantados. “Já temos um bom volume de recursos garantidos e outros sendo conseguido pelo prefeito Isaú Fonseca”, afirmou.

ESTRANHO

Em uma das cidades da região central foi possível observar nos últimos dias que ao menos dois servidores não estão bem de relacionamento. Um deles, lançou um projeto social, e quando um subordinado de um outro se prontificou em prestigiar o evento, acabou sendo ameaçado de exoneração do cargo. O ameaçado, mesmo assim foi, e para surpresa de todos seu superior acabou também comparecendo, só que não saiu do seu assento.

TRANSPORTE

E o transporte irregular de material de construção como areia, tijolos, britas entre outros, continua sendo feito sem qualquer fiscalização por parte dos órgãos ligados ao setor. A rua Dom Bosco no início da rua Porto Velho, é o ponto onde mais se verifica o desperdício desses produtos é palco de vários acidentes, sendo a maioria deles envolvendo motociclistas. Até quando?


Deixe o seu comentário

Arquivos de colunas