Porto Velho/RO, 03 Julho 2020 19:17:57
Diário da Amazônia

Justiça analisa hoje novo pedido de lockdown em Porto Velho

A solicitação de um novo lockdows partiu da prefeitura de Porto Velho

A- A+

Publicado: 29/06/2020 às 08h57min

Justiça analisa hoje novo pedido de lockdown em Porto Velho

O pedido de novo lockdown em Porto Velho, por mais 14 dias, será objeto de uma reunião na Justiça de Rondônia com representantes do governo, prefeitura e comércio. A audiência acontece, por meio de videoconferência, a partir das 9 horas.

Empresários e segmentos do comércio programaram uma mobilização nesta segunda-feira, a partir das 7 horas, no Espaço Alternativo. Eles são contra o fechamento do comércio e alegam que estão sofrendo prejuízos. A idéia é sensibilizar as autoridades para manter os empregos em dia. A carreata seguirá com destino ao Praça das Três Caixas d´Água, centro da cidade.

A solicitação de um novo lockdows partiu da prefeitura de Porto Velho, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM). O órgão pede a manutenção do decreto do Decreto n.º 25.138, de 15 de junho de 2020, do Governo do Estado, que instituiu o distanciamento social restritivo, o chamado Lockdown.

Neste domingo, o número de casos de Covid-19 apresentou começou a recuar. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, hoje foram registrados apenas 85 casos e 5 mortes. Ao todo são 12.406 casos registrados no município de Porto Velho e 3.171 pacientes que foram recuperados. O número de mortes chega a 344.

A Prefeitura explica que a liberação do funcionamento, por exemplo, de shopping centers, lojas de departamento, academias, galerias e congêneres, contraria todas as recomendações emanadas das autoridades sanitárias a nível mundial e dos próprios órgãos de controle no âmbito do Estado de Rondônia (MP/RO, Conselho Municpal de Saúde, Conselho Estadual de Saúde e OAB/RO), acerca das medidas de isolamento social visando o combate à disseminação da Covid-19.

O cenário instituído pelo Governo do Estado, conforme a PGM, causa uma situação deveras preocupante, já que a capacidade das unidades de saúde que atuam no Município de Porto Velho (públicas e privadas) não suporta a demanda de pacientes que necessitam de atendimento diante de uma eventual contaminação pela Covid-19, tendo potencial para ocasionar verdadeiro colapso.

O Estado de Rondônia, segundo o pedido, acertadamente, através do Decreto n.º 25.113, de 5 de junho de 2020, institui o denominado “isolamento restritivo – Lockdown”, com medidas rígidas, como suspensão de todas as obras públicas e privadas, salvo aquelas das áreas da saúde, segurança pública, sistema penitenciário e saneamento, suspensão dos serviços de transporte público coletivo municipal, transporte público ou particular, coletivo e individual, interestadual, intermunicipal, entre outros, que vigorou somente até o dia 14 de junho de 2020.

A PMG acrescentou que a curva do número de casos de coronavírus está em plena ascensão, pelo que se observa do acompanhamento do número de casos no portal da prefeitura que atualmente (até 22/06/2020) conta com 10.344 (dez mil, trezentos e quarenta e quatro mil) casos confirmados e 317 (trezentos e dezessete) óbitos.

Confira os números deste domingo:

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado.

No domingo (28) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

  • Casos confirmados – 19.820
  • Pacientes recuperados – 7.691
  • Óbitos – 486
  • Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 273
  • Pacientes internados na Rede Privada – 32
  • Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 24
  • Total de pacientes internados – 329
  • Testes Realizados – 71.498
  • Aguardando resultados do Lacen – 1.451


Deixe o seu comentário