Porto Velho/RO, 24 Abril 2020 17:15:45
Política

Justiça suspende pagamento de empréstimos

A Justiça Federal determinou no início desta semana a suspensão do débito em folha de empréstimos consignados tomados por aposentados..

A-A+

Publicado: 24/04/2020 às 17h15min

A Justiça Federal determinou no início desta semana a suspensão do débito em folha de empréstimos consignados tomados por aposentados em bancos.

A decisão da Justiça suspende os pagamentos pelo prazo de quatro meses, tanto para os aposentados do INSS quanto para os do serviço público.

Aqui no Senado, eu apresentei um projeto de lei com esse objetivo, o PL 1519/2020, que prevê a suspensão do pagamento dos empréstimos de aposentados enquanto durar a calamidade pública causada pela pandemia.

Cumprimento a Justiça Federal pela acertada decisão de suspender a cobrança de empréstimos consignados aos aposentados e creio que podemos ampliar essa medida aprovando com urgência os projetos em tramitação no Senado.

O que estamos propondo é que esta dívida seja suspensa até o fim da crise. É um momento de sacrifícios para todos, e nós devemos ajudar aqueles que mais sofrem com a retração econômica em função dessa pandemia.

É hora de todo mundo colaborar. Eu tenho certeza que os bancos podem suspender esses débitos, dar esse apoio a população que tanto precisa.

Os bancos já ganham muito dinheiro, batendo recorde de lucros todos os anos, e podem muito bem apoiar a população mais carente do nosso país.

Só nesse período de crise, os bancos estão recebendo mais de R$ 1 trilhão do Banco Central para formar liquidez. Para poderem ajudar as empresas, para socorrer a economia, que gera emprego e renda para todos.

Só que esse dinheiro tem que chegar nas empresas e nas pessoas que mais precisam. Precisamos salvar vidas e manter os sinais vitais de nossa economia. Só assim vamos superar essa crise, manter empregos e a economia girando.

Fonte: Assessoria



Deixe o seu comentário