porto velho - ro, 12 Setembro 2019 20:19:59
    Diário da Amazônia

    Lamentamos o falecimento do Rafael integrante da Estrela do Norte

    Lamentamos profundamente o falecimento do jovem Rafael Farias Santiago, integrante da Junina “Estrela do Norte” durante sua..

    A-A+

    Publicado: 02/08/2019 às 08h13min

    Lamentamos profundamente o falecimento do jovem Rafael Farias Santiago, integrante da Junina “Estrela do Norte” durante sua apresentação como “Caçador”, na noite da última quarta feira 31.

    *********

    Por mais que a equipe do Corpo de Bombeiros agisse com rapidez, não foi o suficiente para salvar a vida do quadrilheiro, vítima de enfarte fulminante no meio da arena de dança do Arraial Flor do Maracujá.

    *********

    Após a confirmação do seu falecimento, o presidente da Federon Fernando Rocha e o Superintendente da Sejucel Robson Bandeira reuniram os folcloristas presentes e no meio da arena, oraram pela sua alma. Foi um momento muito triste!

    ***********

    Sem saber o que havia acontecido com o colega quadrilheiro, os integrantes da Estrela do Norte, dançaram animadamente durante quase cinquenta minutos. A notícia triste, só foi anunciada após a ótima apresentação da quadrilha da Marília.

    **********

    Enquanto isso, a arena recebeu com aplausos, os componentes do grupo de Boi Bumbá Marronzinho, que apresentou belas indumentárias e coreografia.

    **********

    Não darei mais detalhes sobre a apresentação do Boi criado pelo meu amigo Estevam da Vila Tupi e que tem como presidente nossa querida amiga Rose, porque um de seus integrantes, pediu a produção da RedeTV que estar atuando na transmissão do Flor do Maracujá, que no dia do Marronzinho eu não fosse escalado como comentarista de sua apresentação.

    *********

    Se fui impedido de comentar sobre a apresentação do Boi pela TV, com certeza o cidadão que solicitou ao Produtor da RedeTV/Cultura minha ausência, também não aceita que eu comente nesta coluna o que aconteceu com seu boi, na noite de quarta feira dia 31, na arena do Flor do Maracujá.

    *********

    Assim sendo, vou fazer de conta que não vi, os problemas com a indumentária do Pajé, nem com o Estandarte e muito menos, com aquela saída com todo mundo correndo. Veja o que diz o Regulamento da Federon 2019:

    **********

    Art. 7º – Caberá ao jurado avaliar todas as apresentações que lhe forem designadas, devendo atribuir notas entre 8 e 10 por cada item de sua avaliação. As avaliações serão conduzidas pelo princípio de nota máxima, caso não se evidenciem faltas e por decréscimo dessa nota a partir de falhas identificadas.

    **********

    § 1º – Caberá ao jurado apresentar e qualificar o grau das penalizações, em relação a qualquer falha apresentada pelo Grupo. As penalizações poderão ser qualificadas como: a – Gravíssima; B – Grave; C – Média; D – Leve.

    ***************

    § 2º – Penalizações GRAVÍSSIMAS poderão sofrer perda de 0,5 a 1 ponto; penalizações GRAVES poderão sofrer perda de 0,1 a 0,5 pontos; penalizações MÉDIAS poderão sofrer perdas de 0,05 a 0, 09 centésimos de ponto e, penalizações LEVES poderão sofrer perdas de 0,01 a 0, 04 centésimos de ponto.

    ************

    I – Infrações GRAVÍSSIMAS: falta de algum componente ou Acessório obrigatório entre as peças da indumentária e dos personagens.

    ***********

    II – Infrações GRAVES – desorientação do grupo durante a apresentação, quebra da harmonia, ausência de sincronismo, erros na evolução das apresentações.

    **********

    III – Infrações MÉDIAS – acidentes que possam ocorrer ao longo da apresentação, independente da vontade do brincante ou do grupo que se apresenta. Exemplos: rasgar a roupa, perder elementos componentes das fantasias, cair, deixar cair adereços, faltar algum adereço.

    ***********

    IV – Infrações LEVES – erros cometidos pelo narrador, erros de interpretação do enredo (tema) escolhido, falhas dos adereços e das alegorias, inadequação de adereços e alegorias em relação ao enredo (tema) proposto (desde que devidamente qualificadas pelo jurado).

    ************

    Diante do exposto, só me resta ficar calado!



    Escreva um comentário