porto velho - ro, 11 Outubro 2018 23:09:41
Polícia

Mais de 40 motoristas são presos em operação Lei Seca

Durante o final de semana de carnaval, uma grande quantidade de motoristas embriagados foram presos ao serem abordados na blit zda Lei..

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 13/02/2018 às 06h35min

Algumas pessoas recusaram fazer o teste de bafômetro

Durante o final de semana de carnaval, uma grande quantidade de motoristas embriagados foram presos ao serem abordados na blit zda Lei Seca, em Porto Velho. No total, entre a sexta-feira (9) e a madrugada de segunda-feira (12), 47 pessoas foram presas por embriaguez ao volante.

De acordo com as informações, oito motoristas foram flagrados dirigindo embriagados na madrugada de segunda-feira (12), durante a Operação Lei Seca realizada pela equipe do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran), com o apoio de policiais militares, na avenida Elias Gorayeb, bairro São Cristovão, na zona Norte de Porto Velho.

Na madrugada de segunda, durante as abordagens, um estudante de 23 anos foi preso após ser flagrado pilotando uma motocicleta sob efeito de álcool. Ele tentou fugir da blitz, mas acabou sendo alcançado, se recusou a fazer o teste de bafômetro, mas confessou ter bebido horas antes de ser abordado. O jovem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Outro a ser preso por embriaguez foi um publicitário de 30 anos que estava dirigindo um veículo Honda Civic, ele também se recusou a fazer o teste de bafômetro, mas confessou ter ingerido bebida alcoólica horas antes. Após apresentar sintomas de embriaguez, o homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Ao ser presa, a pessoa dirigindo embriagada só será liberada após pagamento de fiança de pelo menos um salário mínimo. A multa administrativa para quem é flagrado é uma infração gravíssima, de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses, retenção do veículo até a apresentação de outro condutor habilitado. Em caso de reincidência em menos de 12 meses, o valor da multa dobra.



Escreva um comentário