Porto Velho/RO, 17 Novembro 2020 17:52:02
Geral

Mão morre abraçada ao filho pequeno ao tentar salvá-lo em desabamento de Falésia

De acordo, Igor Caetano, que tentou ajudar a socorrer as vítimas, os adultos estavam mais machucados, já que Stella conseguiu abraçar o filh

A-A+

Publicado: 17/11/2020 às 17h35min | Atualizado 17/11/2020 às 17h51min

Foto: Reprodução

Uma das vítimas do desabamento de parte de uma falésia na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, Stella Souza tentou proteger o filho do acidente. Segundo testemunhas, Stella foi encontrada abraçada com o bebê embaixo do soterramento. Além disso, o jundiaiense e marido de Stella, Hugo Pereira, também morreu no acidente que aconteceu na tarde desta terça-feira (17).

De acordo, Igor Caetano, que tentou ajudar a socorrer as vítimas, os adultos estavam mais machucados, já que Stella conseguiu abraçar o filho antes do desabamento.

“A gente cavou até encontrar o pai, e depois encontramos a mãe e a criança. O menino ainda estava respirando. Por coincidência, uma médica estava passando aqui na hora. Ela tentou reanimar a criança, mas não teve mais jeito”, conta Caetano.

Os moradores da praia disseram que é costume avisar as outras pessoas sobre os perigos de ficar próximo das falésias. Conforme a maré sobe e atinge o local, a base da falésia fica desgastada e a parte de cima fica mais vulnerável à desabar.

A prefeitura de Tibau do Sul informou que placas com alerta do risco de desabamento são constantemente colocadas no local, mas a maré as leva. Segundo o secretário de Comunicação do município, Fábio Pinheiro, um fiscal da prefeitura alertou o casal sobre o risco pouco antes do acidente.

Hugo ficou conhecido por sair de Jundiaí e percorrer todo o Brasil em uma Kombi, ao lado de sua cadela, Brisa.(Rondônia ao vivo)



Deixe o seu comentário