Porto Velho/RO, 15 Janeiro 2021 16:24:19
Saúde

Ministério da Saúde solicita entrega imediata de 6 milhões de doses da CoronaVac ao Butantan

Em documento, pasta solicitou que seis milhões de doses fossem entregues para que logística de vacinação começasse a ser articulada

A-A+

Publicado: 15/01/2021 às 16h23min | Atualizado 15/01/2021 às 16h24min

Governo Federal pediu que seis milhões de doses da CoronaVac fossem entregues com urgência

Em um documento assinado pelo Diretor do Departamento de Logística em Saúde do Ministério da Saúde, o Governo Federal solicitou na tarde desta sexta-feira, 15, que o Instituto Butantan entregasse de forma imediata 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina de tecnologia chinesa contra a Covid-19 desenvolvida pelo órgão em São Paulo, para agilizar a logística de distribuição do imunizante no país. “Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este Ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa”, diz trecho do ofício obtido pela Jovem Pan.

A solicitação, que tem como destinatário o diretor do instituto, Dimas Covas, afirma que as doses farão parte do Plano Nacional de Operacionalização da vacinação assim que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conceder o uso emergencial do imunizante. Os documentos com detalhes dos testes da vacina são analisados e uma decisão sobre o uso emergencial da CoronaVac está prevista para o dia 17 de janeiro. Apesar da solicitação imediata, o documento do Ministério da Saúde não dá um prazo para que o Instituto Butantan entregue as vacinas. A assessoria de imprensa do órgão foi procurada, mas ainda não se posicionou sobre o assunto.

(Jovem Pan)



Deixe o seu comentário