Porto Velho/RO, 04 Fevereiro 2021 11:12:00
Polícia

Motorista de aplicativo aceita corrida e é obrigado a participar de assalto

O motorista contou aos policiais que a corrida foi solicitada no Orgulho do Madeira e terminaria no Bairro Marcos Freire

Por Redação / Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 04/02/2021 às 11h00min | Atualizado 04/02/2021 às 11h11min

Na noite de terça-feira (3), um motorista de aplicativo foi alvo de três criminosos  após aceitar uma corrida que iniciou no condomínio Orgulho do Madeira, localizado na Zona Leste de Porto Velho. Ele foi obrigado a participar de um assalto e depois os criminosos o liberaram.

O motorista contou aos policiais que a corrida foi solicitada no Orgulho do Madeira e terminaria no Bairro Marcos Freire, na Zona Leste da Capital.

Durante o trajeto, os três bandidos mostraram as armas e obrigaram o motorista a dirigir para outra rota, afirmando que iriam realizar roubos pela cidade e depois o liberariam.

Na Rua Mostardeiro, no Bairro Mariana, com condutor rendido, os bandidos realizaram um roubo de celular e dinheiro.

Depois de ser abandonado pelos criminosos, o trabalhador acionou a Polícia Militar que realizou patrulhamentos pela região, mas não localizou o trio.

Durante o momento em que os militares estiveram no condomínio para tentar localizar os bandidos, vários motoristas de aplicativo fizeram uma manifestação no local para pedir que os criminosos parassem de roubar os trabalhadores que aceitam corridas para aquela região.



Deixe o seu comentário