porto velho - ro, 23 Maio 2019 21:22:00

Silvio Santos

coluna

Publicado: 01/03/2019 às 17h28min

A- A+

Movimento Oficial contra o Aumento da Tarifa de Energia Elétrica

O Movimento Oficial contra o Aumento da Tarifa de Energia Elétrica, e a presidente da Banda do Vai Quem Quer, Sicília Andrade (Siça),..

O Movimento Oficial contra o Aumento da Tarifa de Energia Elétrica, e a presidente da Banda do Vai Quem Quer, Sicília Andrade (Siça), firmaram uma parceria em favor dos consumidores de Rondônia.
*********
Neste sábado de carnaval, a Banda vai entoar uma marchinha carnavalesca contra o aumento abusivo da energia elétrica no Estado e conclamar os foliões para um protesto na folia.
*********
A letra da marchinha contra o aumento da luz foi composta pelo compositor Sílvio Santos, o Zé Katraca, que é o compositor do hino oficial da Banda.
**********
“Neste ano vamos unir folia e protesto. A Banda está do lado do povo, que não pode pagar um aumento tão grande no preço da energia elétrica. Estamos em parceria com quem também defende os direitos dos rondonienses. Faremos uma grande folia com cidadania”, disse Siça.
**********
Para o presidente do Conselho Estadual de Defesa do Consumidor (Condecon), advogado Gabriel Tomasete, que compõe o Manifesto Oficial juntamente com entidades de defesa do consumidor, do setor produtivo e dos trabalhadores, o carnaval não é momento de esquecer dos problemas, mas uma oportunidade de continuar buscando melhorias. “A Banda se mostrou muito receptiva à ideia de somar forças com as entidades que estão contra o aumento da energia elétrica. O nosso protesto será ouvido durante este sábado de carnaval no maior bloco da região Norte. Juntos somos mais fortes”, disse.
************
O Senador Confúcio Moura publicou em seu blog o seguinte poema:
**********
Banda do Vai Quem Quer
******
A rua se prepara. O trânsito para, Tudo em volta em função. Hoje o dia é de animação
Ambulantes chegando, Policiais se enfileirando, Transeuntes para ver se acotovelando, Tamborins e pandeiros tocando…E lá vem ela na Avenida, A Banda do Vai Quem Quer, E eu quero, feliz da vida… Comigo vem quem quiser. Me despi de sonhos, de ilusões Vou sem máscara, sem preocupações, Vou também, sem fantasia, Limpei a mente, estou vazia. E me junto a multidão…
*************
A música ao fundo animada, Toca frevo forró, samba e lambada, Tudo é carnaval, Tem homem, mulher, criança e ancião, Fica todo mundo igual, Palhaço, bailarina, pirata e colombina, Jogando muito confete e serpentina, Gente pobre, gente rica, doutor e desempregado.
************
A alegria domina, o coração acelerado, Pisando o asfalto, o pé já cansado, Sambando, Cantando, Marchando, tanto faz, Tristeza, problema, infelicidade, desamor… Fica tudo pra trás, Desaparece na alma, no suor.
***********
E assim, sigo contente! Me sinto na Sapucaí. Só não quero depois, É me perder por aí…
**********
Autora do Poema: Regina El Rafihi
**********
Isso é a minha querida Banda do Só Vai Quem Quer, bloco do qual me orgulho de ter participado de sua fundação em janeiro de 1981.
********
Nem mesmo nos episódios tristes, como aquele no qual que policiais federais adentraram no meio dos foliões (1986) e ainda utilizaram disparos de Metralhadora para intimar a multidão.
*********
Nem mesmo quando do episódio do Carro “Mimosa”, que invadiu o cortejo sem autorização da direção do bloco consegue tirar a minha satisfação, de ser um dos fundadores, aliás, o único que participou da reunião de fundação da Banda do Só Vai Quem Quer a continuar como seu diretor até os dias de hoje.
*********
Tirando esses dois casos, considerados os mais graves, a Banda nesses 39 anos de carnaval, foi e é só alegria.
********
As lembranças são do Manelão, Paulo Queiroz, Babá, Zé Carlos Olho Azul, Valverde, Cassimiro, Jorge Andrade, Murilo Collares, Auristélio Castiel, Bráulio Bigode, Cláudio Carvalho, Jurandir Sena (Zé Bonitinho), Marise Castiel, Chagas Neto, Bianor Santos, Cabo Omar, Leônidas, Bola Sete e tantos carnavalescos que se foram.
*********
Todos de uma maneira ou de outra, estarão junto com a gente no 39º desfile da nossa querida “Banda do Só Vai Quem Quer”.


Escreva um comentário

sobre Silvio Santos

Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

Arquivos de colunas