Porto Velho/RO, 08 Outubro 2021 09:59:19
Diário da Amazônia

Na vida e nos negócios, nunca se afirme em cima das debilidades alheias

Por Fernando Pereira

Por Fernando Pereira Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 28/07/2021 às 14h25min

Quem age assim, seja vida ou no ato de propagar sua marca, comete alguns “pecados”.

O primeiro deles é que se uma marca outra está viva no mercado é porque ela vende e tem quem compre dela, e isso te levará a se indispor com esse público.

Ao fazer isso (se afirmar em cima dos erros alheios), você perde a oportunidade de se afirmar em cima de suas próprias virtudes.

Dizer que uma marca, serviço ou produto não presta ou faz errado é coisa para o consumidor.

Gastar energia desnecessaria. Sua energia deveria estar focada em fazer sua marca se tornar mais conhecida, gerar mais engajamento, criar fidelidade e, consequetemente, mais vendas.

Gasto desnecessário de recurso. O ideal não é gastar muito, e sim gastar bem. E gastar grana para falar mal dos concorrentes não é um gasto assertivo.

Sem falar mal do concorrente, evidencie sua virtude em relação ao demerito alheio. Mas quem define a virtude do seu produto ou serviço não é você, e sim o seu cliente. Por isso, invista tempo conhecendo-o melhor para agradar mais e, assim, possas ter sustenbalidade existencial no mercado.

Faça marketing com virtude. Seja assertivo e proativo. Não venda só um produto que funcione, venda um produto que proprcione valor. Porque oferecer funcionalidade não é virtude, é obrigação elementar.

Só observe os erros alheios para não os cometer.

Quem se afirma sobre as debilidades alheias atrai para si a terrível pecha de arrogante.

(Texto: Fernando Pereira – mercadólogo)



Deixe o seu comentário