porto velho - ro, 22 Março 2019 08:11:11

Léo Ladeia

coluna

Publicado: 08/02/2019 às 12h06min

A- A+

Nada de novo no front

FRASE DO DIA: “Querem naturalizar a prisão de Lula, mas não iremos deixar.” – Jacques Wagner-PT 1-Serviço público bem feito O..

FRASE DO DIA:

“Querem naturalizar a prisão de Lula, mas não iremos deixar.” – Jacques Wagner-PT

1-Serviço público bem feito

O DNIT-RO deu um show de competência providenciando uma solução emergencial para o rompimento da BR-364 em Nova Vida em tempo recorde. Para Claudio Neves, superintendente do órgão foi apenas uma intervenção de engenharia para solucionar o problema de forma rápida. Gostei. Para nós que convivemos com os indicados e nem sempre capacitados servidores na administração pública, a surpresa agradável. Taí…

2-Sonhos desfeitos

Um incêndio no alojamento do centro de treinamento do Flamengo abortou o sonho de garotos que apostavam no futebol como caminho para uma carreira que possibilita a estabilidade financeira, ascensão social e o resgate de suas famílias, Recrutados por todo Brasil, jovens são levados aos vários centros de treinamento para testar a aptidão via “peneiras”. É o chamado investimento de base, importante para o fabuloso negócio de milhões de dólares que é o futebol. Uma perda enorme para todos os desportistas.

3-Nada de novo no front

o8 de fevereiro e Bolsonaro que reassumiu a presidência em 30 de janeiro segue sem falar com ministros e sem despachar, ainda que uma parafernália tenha sido posta à sua disposição para tocar o dia a dia do Brasil. Para os médicos, nada de presidência. Primeiro é tratar algo que não sabemos ao certo o que é. Sobre urgências, reza a lenda que “o trote da mula véia ajeita as melancias na carroça”, e para o folgado Zé de Nana, “deixa quieto, às vezes não fazer nada também serve. Quem não faz não erra”.

4-O estilo Moro

“O ministro da Justiça não é advogado dos integrantes do governo ou de pessoas que nem sequer entraram no governo. Meu papel é dar estrutura, liberdade e autonomia aos órgãos que atuam dentro do Ministério da Justiça, e entre eles estão o Coaf e a Polícia Federal. Meu papel é diferente, não é ficar advogando, como faziam outros ministros da Justiça do passado. Acho uma conduta inapropriada.” E nada mais disse nem lhe foi perguntado. O coice foi após ser inquirido sobre Flávio Bolsonaro e Ônix e bem na linha do filósofo Cassol: “cada um que cuide do seu CPF”. Que patada!

5-Crime e castigo

A juíza Gabriela Hardt além da pena de 12 anos e 11 meses ao “Redevivo” confiscou o famoso sítio de Atibaia – “perda, em favor da União, dos bens e valores relacionados, direta ou indiretamente, à prática dos crimes” e ela concluiu “que são proveito do crime de lavagem, as benfeitorias feitas nas reformas do sítio de Atibaia, para as quais foram empregados ao menos R$ 1.020.500,00. Já foi narrado nesta sentença que não se discute a propriedade do sítio. Contudo, os valores das benfeitorias, feitas em especial no imóvel de matrícula 55.422, registrado em nome de Fernando Bittar e sua esposa, no mínimo equivalem ao valor do terreno, comprado em 2010 pelo valor de R$ 500.000,00”. E agora Fiódor, o dono vai reclamar ou será como no caso do triplex?

leoladeia@hotmail.com


Escreva um comentário

sobre Léo Ladeia

Leo Ladeia é baiano de Itororó, torcedor do Bahia ou um pau rodado que apoitou por aqui. Começou como radialista na Rádio Vitória Régia aos 55 anos. Apresentou o programa Lendas do Rock na rádio Parecis. Na SIC TV como aqui no Gente de Opinião Léo Ladeia fez de tudo. Astronauta, boy, pintor, poeta e pedreiro. Mutante, gosta de experimentar e de desafios, atualmente Ladeia está trabalhando no Rede TV Rondônia, canal 17,do Sistema Gurgacz de Comunicação.

Arquivos de colunas