porto velho - ro, 17 Julho 2019 18:58:07

Silvio Santos

coluna

Publicado: 09/07/2019 às 17h53min | Atualizado 09/07/2019 às 17h54min

A- A+

Não é fácil colocar um Boi Bumbá no Flor do Maracujá

A 16 dias do inicio do Arraial Flor do Maracujá, e apesar de até agora os grupos folclóricos não terem recebido nenhum tostão, dos..

A 16 dias do inicio do Arraial Flor do Maracujá, e apesar de até agora os grupos folclóricos não terem recebido nenhum tostão, dos valores

**********

Não param de investir em suas apresentações. Quem frequenta o Parque dos Tanques, futura Cidade da Cultura, pode constatar o que estou dizendo.

**********

Vários grupos estão confeccionando alegorias no pátio do Parque. Olha que as alegorias que estão sendo confeccionadas, impressionam pelo tamanho.

**********

Já pensou se a grana dos grupos já tivesse saído, com certeza as alegorias estavam muito mais impressionantes.

**********

Por conta do atraso do repasse, tem grupo articulando um movimento para adiar o inicio da festa, por mais alguns dias, pois, a cada dia que passa sem receber ajuda, fica mais difícil preparar as apresentações, para a data acordada entre Sejucel e Federon.

**********

Apesar de que, o governo apenas está intermediando o repasse entre uma empresa privada e os grupos, mesmo assim, como foi ele (governo), que articulou junto a tal empresa o patrocínio aos grupos, os dirigentes estão cobrando da direção da Sejucel.

***********

Os grupos mais prejudicados nessa questão de atraso do repasse são os grupos de Bois Bumbás. Acontece que o material utilizado na confecção das indumentárias dos itens do Bumbás, não é barato não.

***********

Basta lembrar, que uma indumentária de Cunhã Poranga não fica por menos de R$ 5 MIL e a do Pajé supera esse valor. Lembrando que no estilo da fantasia da Cunhã Poranga tem a da Rainha do Folclore, Porta Estandarte, Rainha da Batucada/Marujada e a da Sinhazinha.

***********

Apesar do prometido até agora aos grupos, não passar, no caso do Bumbás, de R$ 12 MIL, podendo até chegar a R$ 16 MIL, ser muito pouco.

***********

As indumentárias dos itens não são baratas, mesmo assim, a turma se pega com tudo quanto é santo no sentido de ver o dinheiro do patrocínio em suas contas.

**********

Tô sabendo que existe grupo de Boi Bumbá com vontade de anunciar a não participação nas apresentações deste ano do Arraial Flor do Maracujá, caso a grana não seja deposita pelo menos até a próxima terça feira 16.

**********

To falando de Boi Bumbá, pois, as Quadrilhas do Grupo Especial, estão trabalhando a todo vapor. Devem ter conseguido empréstimo e por isso, passam uma suposta tranquilidade, quanto a verba para confeccionar suas indumentárias. Tanto que as alegorias que estão sendo confeccionadas no Parque dos Tanques pertencem a grupos de quadrilhas.

**********

O único grupo de Bumbá que temos conhecimento que está ensaiando a todo vapor, é o Marronzinho, to me referindo ao Grupo Especial, Não sei se o Manhoso está ensaiando la na Zona Leste.

**********

Sei que os Bois Corre Campo, Az de Ouro e Diamante Negro estão aguardando uma resposta sobre o repasse dos subsídios oriundo do patrocínio anunciado.

***********

Em virtude da falta de apoio aos grupos de Bumbás nos últimos anos, a cada Flor do Maracujá, o que assistimos, é a decadência da brincadeira de Boi Bumbá em Porto Velho.

**********

Lembro que até o inicio dos anos 2000 o meu boi Corre Campo colocava na Arena ou Curral de Dança do Flor do Maracujá, uma BATUCADA com mais de 100 ritmistas. Hoje é uma luta conseguir pelo menos os 15 do Regulamento.

***********

O Az de Ouro chegou a colocar no Flor do Maracujá mais de 500 componentes em suas Tribos e Barreiras, hoje não consegue CEM. O mesmo acontece com o Diamante Negro que se vale dos brincantes do Boi Mirim Mancha Negra (de sua família), para completar as exigências do Regulamento.

**********

Não é fácil colocar um Boi Bumbá no Flor do Maracujá, lembrando que o brincante de boi não paga nada para integrar o grupo. É tudo por conta da diretoria do bumbá. Aí fica difícil!


Escreva um comentário

Arquivos de colunas