porto velho - ro, 12 Junho 2019 06:30:46

Léo Ladeia

coluna

Publicado: 03/05/2019 às 17h23min

A- A+

Não é segredo que ele não é uma pessoa benquista no Congresso

“Ocultar a mentira com ameaças, só revela o medo da verdade” – J. Biggs 1-Um estranho no ninho “Não é segredo que ele não é..

“Ocultar a mentira com ameaças, só revela o medo da verdade” – J. Biggs

1-Um estranho no ninho

“Não é segredo que ele não é uma pessoa benquista no Congresso”, diz o repórter em Brasília. A capa preta que atrai e o medo e ronda as conversas dos que precisam falar com ele ainda esvoaça e no Congresso estão seus antigos futuros clientes candidatos ao xilindró e execração publica e ele coleciona derrotas. O pacote anticrime entregue em fevereiro não anda, o Executivo não age e “as forças” o limam. Moro resistirá? Zé de Nana diz: “Cuidado com o que você pede a Deus pois ele pode dar”. No caso, deu.

2-Cabral dedurando geral

Com 220 anos de cana pela proa, o ex-governador Sérgio Cabral resolveu abrir o bico vez que a atividade principal exige proximidade com figurões políticos. Ontem encostou a corneta pras bandas da Rede Record, PRB, membros do Judiciário do Rio e “por acaso” a Globo teve acesso exclusivo à delação. Ainda que Cabral fale tudo que sabe não terá vida fácil dentro ou fora da cadeia. O lucro é não reencarnar com penas.   

3-Acir Gurcasz de volta à vida

Depois do seu inferno astral o Senador Acir Gurcasz progride do regime semi aberto para o aberto, enquanto luta pela revisão da pena. Acir, avalista de um empréstimo tomado ao BASA em 2003 e totalmente quitado, respondeu a um processo em que foi o único condenado 15 anos após. Em 2018 durante a campanha eleitoral ao governo liderava as pesquisas quando, foi abatido em pleno vôo. A história é escabrosa e os bastidores (vixi!!!) que levaram à sua condenação serão conhecidos no futuro. No Brasil, empreender, gerar riquezas e distribuir emprego e renda pode dar cana brava.

4-E que tal a Burka?

Vez por outra alguém resolve pensar e dá nisso… Pensar é difícil, dói e se o iracundo tem algum nível de hidrobidecefalia (água de bidê na cabeça) pode complicar. Foi o que aconteceu quando um servidor com as melhores e sublimes intenções morais fez uma advogada passar por um constrangimento desnecessário barrando-a no Tribunal de Justiça, quando do exercício da profissão. Como se trata de um exagero que pode passar por entendimento entre as partes, deixo minha sugestão: e que tal a burka?  

5-Capricha na selfie…

O presidente Bolsonaro meteu o bedelho, mandou retirar a propaganda do Banco do Brasil que enaltecia a diversidade cultural, étnica e sexual do país, demitiu o diretor que mandou fazer a obra de arte e aí a “tchurma da diversidade” caiu de pau no “capita”. Como já acabou o caso, mas não a pauleira, deixo-lhes algo para ver: Aqui, a tal propaganda. São 31 segundos apenas. Agora minha ira e que divido com vocês: a obra de arte custou ao Banco do Brasil a bagatela de R$ 17 milhões. ROUBALHEIRA!

leoladeia@hotmail.com


Escreva um comentário

sobre Léo Ladeia

Leo Ladeia é baiano de Itororó, torcedor do Bahia ou um pau rodado que apoitou por aqui. Começou como radialista na Rádio Vitória Régia aos 55 anos. Apresentou o programa Lendas do Rock na rádio Parecis. Na SIC TV como aqui no Gente de Opinião Léo Ladeia fez de tudo. Astronauta, boy, pintor, poeta e pedreiro. Mutante, gosta de experimentar e de desafios, atualmente Ladeia está trabalhando no Rede TV Rondônia, canal 17,do Sistema Gurgacz de Comunicação.

Arquivos de colunas