Porto Velho/RO, 18 Outubro 2021 18:59:14
Diário da Amazônia

Nível do Rio Machado sobe e anima colônia de pescadores

A régua marcou, logo pela manhã, 6,42cm, ou seja, 18cm de aumento

A- A+

Publicado: 20/09/2021 às 13h31min

Após alguns dias com o nível da água abaixo do limite aceitável, o Rio Machado voltou a ter elevação na metragem na última semana. No ponto de acompanhamento diário, no começo deste mês a régua chegou a registrar 6,24cm, quatro abaixo dos 6,28 considerado para o uso de pequenas embarcações. Nesta segunda-feira (20), a régua marcou, logo pela manhã, 6,42cm, ou seja, 18cm de aumento. Mesmo assim, Lucenir Saldanha, responsável pelas as anotações, acredita que a normalidade somente virá com a intensidade das chuvas a partir de novembro.

O mês de agora, de acordo com algumas autoridades, foi considerado o pior período do nível do Rio Machado dos últimos 12 anos. O mesmo ocorreu com o Rio Urupá, responsável pelo o abastecimento de mais de 22 mil residências, tendo inclusive, de forma preventiva, ter forçado a direção a mudar o ponto de coleta da água. “Há muito tempo não via o Machado tão seco, sem dúvidas, foi a pior seca dos últimos 12 anos”, declarou Lucenir Saldanha.

Pescaria

Em contato com o presidente da Colônia de Pescadores Z-9 de Ji-Paraná, Manoel Batista, confirmou que as últimas chuvas, registradas nas cabeceiras dos rios Machado e Urupá contribuíram para a elevação do nível da água, e ainda mais, para melhorar a pescaria. “Já estávamos preocupados, foram alguns dias de muita seca, e o Machado ficando abaixo do limite”, declarou.

Manoel ainda disse que a expectativa é de um inverno 2021/22 mais prolongado que o de 2020/21, e começando mais cedo, o que vai contribuir para o chamado período defeso (reprodução dos peixes) que ocorre entre 15 de novembro e 15 de março. “Em decorrência dessa situação, muitos pescadores ficaram sem praticar sua pesca, já com o rio seco surgem muitas corredeiras, pedras, pontos obscuros e o risco de acidente é muito alto”, concluiu.



Deixe o seu comentário