porto velho - ro, 13 Setembro 2019 13:20:55
    Diário da Amazônia

    Novas propostas do Sinpec Rondônia

    Luta pela aprovação da PEC da Perícia está entre as propostas da nova diretoria do Sindicato dos Peritos Criminais de Rondônia

    Por Assessoria Diário da Amazônia
    A-A+

    Publicado: 18/03/2019 às 16h40min

    O perito criminal Josias Batista Silva foi eleito na sexta-feira (15) presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais do Estado de Rondônia (Sinpec-RO) para o biênio 2019-2021. A nova diretoria é formada também pelos peritos criminais Aelson Cristiano Nogueira (vice-presidente), Cristiane Behling Aldrigh (secretária), Valdemir Ferreira do Carmo (tesoureiro) e Leonardo Barreto Cunha (Departamento Jurídico).

    Foto divulgação

    Destacando a história de união e abnegação do Sinpec-RO desde a sua fundação, “sempre trabalhando de forma responsável e legítima em defesa da dignidade profissional dos peritos criminais”, Josias Batista afirmou que entre
    as principais propostas da nova diretoria está a união de forças para viabilizar a aprovação da PEC da Perícia, que desvincula a perícia das estruturas das Polícias Civil e Federal. “Queremos também manter o grupo coeso para continuar lutando por melhorias para a perícia oficial rondoniense, e isso passa por infraestrutura, recursos humanos e reajuste salarial”, observou.

    O presidente eleito é bacharel em ciências econômicas e direito e ingressou no serviço público em 1988. Em 1994 foi aprovado no concurso público para agente de polícia, ingressando no quadro da Polícia Civil onde desempenhou
    funções no plantão de polícia, 1ª DP, diretor financeiro-orçamentário e de cadastro no Fundo Especial de Reequipamento Policial (Funrespol) e atuou ainda no departamento de estratégia e inteligência. Como sindicalista
    participou de três diretorias executivas do Sinsepol.

    Após aprovação em concurso público de provas e títulos, ingressou na carreira de Perito Criminal em 2005, atuando no Instituto de Criminalística da Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Rondônia (Politec), Coordenadoria Regional de Criminalística de Guajará-Mirim, Coordenadoria de Patrimônio do Estado, foi professor de cursos de nivelamento de profissionais em locais de crime (PM, BM, PC e Samu) e corregedor da Polícia Técnico-
    Científica.



    Escreva um comentário