porto velho - ro, 12 Setembro 2019 17:46:10
    Diário da Amazônia

    O Brasil tem 150 estatais e só nove foram citadas

    Frase do dia “Lamento a decisão da maioria dos membros da Executiva do PSDB que votou a favor da manutenção de Aécio Neves na..

    A-A+

    Publicado: 23/08/2019 às 08h43min

    Frase do dia

    “Lamento a decisão da maioria dos membros da Executiva do PSDB que votou a favor da manutenção de Aécio Neves na legenda. Respeito a votação, mas ela não reflete o sentimento da opinião pública brasileira.”–João Dória do PSDB  

    1-Reforço policial 

    A Polícia Militar de Rondônia recebe hoje com formatura, banda de música, pompa e circunstância 450 novos policiais que concluíram o curso de formação. Uma parte considerável dos recrutas ficará em Porto Velho, para cada município será destinado um número de acordo com as demandas e Guajará Mirim ficará com um contingente bem maior. Recrutas formados, espera-se a pronta integração à força policial e que contratações surjam para suprir polícia civil muito em função da transposição. E já! 

    2-Privatizações na pauta

    Preparem-se porque vai começar a baixaria. O governo anunciou que do seu cipoal de letrinhas que dão nome às suas estatais, vão sair nove. Para a “tchurma da boquita” é fim do mundo. Para quem olha o tamanho do estado é merreca. O Brasil tem 150 estatais e só nove foram citadas. Para os sindicatos, jóias valendo quase nada. Para quem vê o tamanho do estado nove cabides de empregos. Emgea, Codesp, Telebras, Correios, Dataprev, Serpro, Ceitec, Ceagesp e ABGF na comissão de frente e na ala dos aflitos, choro, ranger de dentes, e a cantilena de sempre. Não me lembro de ver cair “dôrreal” delas no bolso de um pobre e faminto. Mas de 150 para só nove é pouco.

    3-Arrocho do fisco

    A arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas federais teve alta real de 2,95% em julho, contra julho de 2018 e o melhor resultado para o mesmo mês desde 2011. No acumulado dos sete primeiros meses deste ano, a arrecadação somou R$ 895,33 bilhões com aumento real de 1,97%. É o melhor resultado dos sete primeiros meses desde 2014. Explicações para o aumento e o bom resultado da receita existem aos montes mas a razão para as contas públicas registrarem déficits fiscais seguidos são dois: aumento da dívida pública e impactos inflacionários. O resto é perfumaria.

    4-Moro é o alvo

    A jurista e deputada estadual Janaina Paschoal PSL-SP voou na jugular do presidente para defender o ministro Sérgio Moro em processo de fritura o rolo Flávio, Queiroz e o COAF: “Um verdadeiro militar sabe que hierarquia significa respeitar quem está acima, mas também implica saber respeitar quem está abaixo. Quem quer ser respeitado precisa mostrar que faz jus ao respeito. O Brasil, verdadeiramente, acima de tudo!” A fala do capitão foi o mote: “Se eu trocar hoje, qual o problema? Está na lei. Eu que indico, e não o Sergio Moro. Ponto final. Qual o problema se eu trocar hoje ele? É decisão minha, a hora que eu achar correto. Se é para não ter interferência, o diretor anterior, que é o que estava lá com Temer, tinha que ser mantido. Ou a PF agora é algo independente? A PF orgulha a todos nós, e a renovação é salutar, é saudável.” O bagúio tá ficando cada dia mais feio seo Flávio? E é só por sua causa. 

    5-Pegando no tranco

    Por falta de planejamento e face à politização do Judiciário, o Congresso vai buscar a solução para conter o ímpeto do capitão, pelo menos com relação à PF. Uma PEC que dormita há 10 anos na Câmara acordou e vai para a CCJ da Câmara. A autonomia financeira, administrativa e funcional da PF é parte do que se pretende. Um freio no Executivo e novo status para a PF. O clima conturbado ajuda, mas há o MPF e STF. E o Brasil segue aos trancos e barrancos como um carro velho que só pega no tranco. 

    leoladeia@hotmail.com



    Escreva um comentário