porto velho - ro, 01 Novembro 2019 23:15:41

    LéoLadeia

    coluna

    Publicado: 25/09/2019 às 16h19min

    A-A+

    O Congresso derrubou 18 vetos do presidente ao projeto de lei

    Frase do dia “(…) deve haver prisão em segunda instância sim, porque o nosso processo civilizatório exige. Mas, sobre a prisão..

    Frase do dia

    “(…) deve haver prisão em segunda instância sim, porque o nosso processo civilizatório exige. Mas, sobre a prisão em segunda instância, eu faço um reparo: ela não deve suprimir o direito aos recursos e, mais ainda, ao habeas corpus.”– Augusto Aras na sabatina do Senado. 

    1-Burro em pé no Senado

     “Davi Renan Alcolumbre Calheiros”, novo presidente da velha ala do Senado Federal cancelou a reunião da CCJ que trataria da reforma da previdência e, acompanhado de vários senadores, foi ao STF questionar a ordem do ministro Barroso que (vixi) autorizou a devassa no gabinete do Senador Bezerra. Levou o “pranto sentido” dos estuprados pela PF, que penetrou (ui!) com uma ordem judicial do STF no sacrossanto espaço senatorial para obter provas contra o multi-investigado político. Dizem que “Davi Renan” trucou o governo, mas Zé de Nana discorda: “Nem era truco. Era jogo de criança. O tal ‘burro em pé’. O resto foi só a velha lambança”.  

     2-E sobre o pranto sofrido…

    A questão é que a PF viu “coisas” nos endereços do senador Fernando Bezerra, inclusive no seu gabinete. Segundo o Globo, o relatório parcial da PF para o STF fala da apreensão de R$ 120 mil em dinheiro na casa do deputado federal Fernando Coelho, filho do “homi”, separados em envelopes. Do gabinete do senador Bezerra a PF levou também um HD com uma planilha suspeita, “contendo a relação de doadores ocultos”. O Dr. Barroso que autorizou o “baculejo” já passou a bola para a PGR. “Toma que o filho é teu!” Isso vai dar um rolo enorme no STF. 

    3-Toga justa no STF

    Alcolumbre lamenta e diz ser incabível a decisão monocrática para buscas no Congresso, sobre fatos de 2012 e 2014, “sendo que o procurador da República, ou procuradora, se manifestou contra, com a palavra ‘desnecessário’. Essa decisão invadiu o Legislativo e o Executivo. Essa é minha opinião, essa é a opinião de todos os senadores”. E foi ai que o Davi falou abertamente de reciprocidade: “a maioria do Senado trabalha para defender o STF de ataques que vem sofrendo há seis meses”, referindo-se à não instalação da CPI Lava Toga, engavetada por ele. Toffoli vai falar com Barroso que é cerne de aroeira e que deu a ordem à PF. Que saia justa…! 

    4-Lei de abuso de autoridade I

    O Congresso derrubou 18 vetos do presidente Bolsonaro ao projeto de lei sobre abuso de autoridade, recuperando as mudanças que foram inseridas ao texto, numa espécie de acordo entre lobos e cordeiros, em que o lobo perde a dentadura e terá dieta vegana. Assim, listaram os cordeiros o que o lobo pode ou não comer e quais agentes são capazes de cometer o crime de abuso de autoridade: servidores civis e militares do Legislativo, Executivo e Judiciário do MP, do TCU, TCE e qualquer um que cheire a controlador ou fiscalizador de alguma coisa.  

    5-Lei de abuso de autoridade II

    Sobre os impedimentos a que a matilha está submetida, os cordeiros pacifistas foram na goela e trago algumas: interrogar o preso à noite, não identificar-se ao preso, impedir a entrevista pessoal e reservada ao preso com seus advogados, fazer interceptação telefônica e telemática além de uma série de medidas que disponho para sua leitura,neste link, com as respectivas penalidades . Tentei exaustivamente descobrir alguma penalidade contra o parlamentar e “necas de pitibiribas”. A blindagem, creio, beira os 100%. Agora é meter a mão “dicumforça”, já que processar um nobre parlamentar se transformou numa operação de altíssimo risco.

     [email protected]


    Escreva um comentário

    sobre Léo Ladeia

    Leo Ladeia é baiano de Itororó, torcedor do Bahia ou um pau rodado que apoitou por aqui. Começou como radialista na Rádio Vitória Régia aos 55 anos. Apresentou o programa Lendas do Rock na rádio Parecis. Na SIC TV como aqui no Gente de Opinião Léo Ladeia fez de tudo. Astronauta, boy, pintor, poeta e pedreiro. Mutante, gosta de experimentar e de desafios, atualmente Ladeia está trabalhando no Rede TV Rondônia, canal 17,do Sistema Gurgacz de Comunicação.

    Arquivos de colunas