porto velho - ro, 23 Agosto 2019 11:38:26

Solano Ferreira

coluna

Publicado: 16/07/2019 às 14h31min

A- A+

O destino econômico e sustentável para os resíduos

A iniciativa de uma cooperativa em Ji-Paraná de promover a coleta seletiva de resíduos é pioneira em Rondônia e pode servir de modelo..

A iniciativa de uma cooperativa em Ji-Paraná de promover a coleta seletiva de resíduos é pioneira em Rondônia e pode servir de modelo para que outras cidades iniciem a destinação correta do lixo. O que pode ser reaproveitado, reciclado e descartado. A população começa a ser reeducada, recendo novos conceitos, novas informações e nova percepção sobre o certo e o errado. O processo é benéfico ao meio ambiente e favorável para a economia local, gerando vantagens e receitas econômicas. A idéia cresceu, vem recebendo adesões e o lixo vira negócio.

Não é algo tão simples de ser feito. É um longo processo de convencimentos, debates, explicações e legalizações. Os resíduos no mundo inteiro vêm ganhando atenção especial pela questão ambiental e pelas possibilidades que geram às comunidades. É um negócio sustentável que merece ser ampliado e copiado para outras comunidades possam usufruir da idéia e dos valores.

Em Rondônia prevalece os lixões a céu aberto que em nada contribui. São despejos sem critérios e até desperdícios já que hoje é visto como negócio rentável. A destinação dos resíduos é uma discussão nova por aqui, onde os gestores públicos pouco sabem a respeito. As promotorias de justiça em cada comarca tem sido os principais ativadores dessa modalidade, recomendando e demandando para as novas práticas. Surgem também empreendedores e ambientalistas que buscam dentro de seus interesses auxiliar as cidades nesse tipo de solução.

É importante destacar que não basta começar uma ação nesse sentido. É preciso projeto amplo que possa garantir a sustentabilidade. Além de buscar soluções imediatas, os gestores precisam consolidar que o negócio será bom para suas respectivas comunidades. Buscar o máximo de informações sobre o problema, os caminhos para organizar projetos, encontrar parceiros eficazes e trazer alternativas sérias e completas. A seriedade e o histórico de cada parceiro é fundamental para o sucesso de um projeto grandioso.

Ji-Paraná saiu na frente e pode servir de espelho e de modelo para que outros municípios percebam que existem soluções para os resíduos. É um envolvimento completo de toda a cidade que muda o conceito e a compreensão da importância coletiva do projeto e da ação. Que essa iniciativa possa ser inspiradora.


Escreva um comentário

Arquivos de colunas