Porto Velho/RO, 25 Dezembro 2019 07:35:50

    LeandroMazzini

    coluna

    Publicado: 25/12/2019 às 07h35min

    A-A+

    O Exército Brasileiro continua acolhendo refugiados venezuelanos

    Imigração 5 estrelas  O Exército Brasileiro continua acolhendo refugiados venezuelanos escapando da grave crise humanitária do país..

    Imigração 5 estrelas

     O Exército Brasileiro continua acolhendo refugiados venezuelanos escapando da grave crise humanitária do país vizinho. Nos dois últimos dias, 34 imigrantes deixaram os abrigos da Operação Acolhida em Pacaraima (RR). A turma que é acolhida é muito bem recebida. Nada de pé na estrada. Um avião da FAB levou esse último grupo de venezuelanos para o Rio de Janeiro – é o processo chamado de interiorização – onde foram recebidos por militares da Companhia de Comando da 1ª Região Militar e levados para dois abrigos da cidade.

     

    À sorte

    Esses são os dados oficiais. Há os venezuelanos que entram no Brasil por trilhas nas matas. À própria sorte. E calcula-se centenas deles.

     

    Então é Natal..

    Papai Noel passou na porta do Palácio do Jaburu com a notícia de que o vice-presidente, General Hamilton Mourão, um dos homens mais respeitados do País, dançou para 2022.

     

    ..O ano termina..

    Rodrigo Maia anda de birra com o presidente Jair Bolsonaro porque está perdendo cargos que apadrinhou nos ministérios e autarquias, no Governo de Michel Temer.

     

    ..e começa outra vez

    Na ANP, por exemplo, um diretor com mandato até 2020 já tem certeza da saída, e será substituído por um oficial militar, já atuante na agência, que tem bom trânsito.

     

    Os Francischini

    O delegado federal  e ex-deputado Fernando Francischini (PSL) – que já emplacou o filho na Câmara e na presidência na poderosa CCJ – quer mais para 2020. Vai trabalhar para eleger a esposa Flávia Francischini como vereadora em Curitiba. E quer disputar contra o prefeito Rafael Greca (DEM). 

     

    Alô, ministro

    O deputado José Medeiros (PODE-MT), aliado de Bolsonaro, apresentou um Projeto de Lei que altera a Lei de Migração. O PL proíbe a entrada no Brasil de pessoas investigadas por terrorismo, ligação com grupos criminosos e tráfico de drogas, de pessoas, e vendas de armas. 

     

    Ajustes

    O PL 5326/19 é semelhante à Portaria 666/19 do Ministério da Justiça, que trata sobre o impedimento de ingresso, a repatriação e a deportação sumária de pessoa perigosa. O Projeto será analisado pelas comissões de Direitos Humanos e Minorias; Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

     

    Minirreforma?

    É especulação, por ora, qualquer mudança na Esplanada dos Ministérios. Mas não convidem para um café o ministro Marcelo Álvaro, do Turismo, e a bancada do PSL ou parte do futuro Aliança.

    ESPLANADEIRA

    # OsCorreios colocaram em circulação o décimo selo da Série Especial Signos do Zodíaco: Capricórnio. A astróloga Bárbara Abramo apresenta a emissão no perfil dos Correios noInstagram.


    Deixe o seu comentário

    Arquivos de colunas