Porto Velho/RO, 29 Outubro 2021 10:10:28

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 15/09/2021 às 12h17min

A- A+

O MDB do ex-presidente Michel Temer ser alinhou à base aliada de Jair Bolsonaro

Olhos de satélite As redes sociais possuem o benefício da comunicação instantânea mas também apresentam sintomas doentios, como..

Olhos de satélite

As redes sociais possuem o benefício da comunicação instantânea mas também apresentam sintomas doentios, como favorecer fabricantes de boatos e mexericos. A regulação da sociedade, por seus instrumentos democráticos, tratará de isolar os cibercriminosos e resgatar o crédito da boa informação.

Para o bem, as redes não deram voz só a minorias barulhentas: as grandes maiorias ocupam mais espaços. Em número crescente, os consumidores querem saber a origem dos produtos que compram. Rejeitam pôr à mesa da família alimentos procedentes de genocídio, devastação florestal e matança de animais. Nas grandes empresas, acompanhamento, pesquisa e respostas imediatas aos consumidores fazem a diferença no mercado extremamente competitivo de hoje. Isso explica a importância da sigla ESG tanto para a iniciativa privada quanto para governos, empresas estatais e de economia mista.

A Marfrig mapeou cerca de cinco mil fazendas na Amazônia como potenciais fornecedoras de gado e anotou que 61% têm controle de origem, ou seja, os animais não vieram de áreas indígenas, de conservação ou com envolvimento em crimes socioambientais. Com os novos recursos tecnológicos, tais controles chegarão ao máximo, pois se trata de uma exigência dos consumidores. Seu olhar crítico se estende implacavelmente por todos os lugares, via satélite e fibra ótica.

…………………………………………………………………….

Água e esgoto

Quase duas décadas depois que o então governador Ivo Cassol e então prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho anunciaram e disputavam a paternidade de um projeto de esgoto sanitário que visava dotar a capital rondoniense de 100 por cento de água tratada e de coleta de esgoto, a realidade dos nossos indicativos seguem terceiro-mundistas. A rede de água tratada é inferior a 50 por cento da população e a coleta de esgoto estacionada em cinco por cento. O que o futuro nos reserva? Ainda vai longe a realização dos delírios de Cassol e Sobrinho…

Centrão e MDB

Está mais fácil galinha criar dentes do que a desunida oposição brasileira tocar a frente o projeto de impeachment do presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional. Agora já se sabe, que além dos partidos ligados ao famigerado Centrão, o MDB do ex-presidente Michel Temer se alinhou a base aliada. Como nos governos anteriores do PT, o MDB volta ao poder, liderado por Temer, o novo guru de Bolsonaro, redator da recente carta a nação encaminhada a opinião pública e que desembarca no Planalto com prestigio na articulação. Não se sabe por quanto tempo.

Prévias tucanas

Os presidenciáveis tucanos que vão participar das prévias do partido em novembro começaram as visitas pelos estados visando buscar apoio nas convenções nacionais. De um lado, o governador de São Paulo João Dória, de outro o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, e ainda o senador cearense Tássio Jereissati. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso cerrou fileiras com Dória. Enquanto que Leite e Jereisatti estão acenando com uma aliança contra o atual governador paulista. Como curiosidade, tanto Dória como Leite apoiaram Bolsonaro em 2018.

Lençol freático

As últimas chuvas tiveram o mérito de melhorar a situação do lençol freático de Porto Velho drasticamente reduzido durante uma prolongada estiagem. Por conta da seca até os poços caseiros sumiram levando seus proprietários a perfurar pelo menos mais 5 metros em algumas regiões da cidade. Neste verão, Rondônia assistiu rios importantes perdendo nível e igarapés secando para todo o lado. Poços semi-artesianos foram atingidos na capital, o que em temporadas anteriores não tinha acontecido. Os efeitos climáticos estão ficando cada vez mais rigorosos na Amazônia.

As homenagens

Na comemoração do aniversário do Diário da Amazonia, na última segunda-feira, dia 13 de setembro, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) também homenageou, em seu pronunciamento, na mesma data o aniversário da criação do Território Federal do Guaporé, que depois virou Território Federal de Rondônia e Estado de Rondônia. Também fez menção ao aniversário da fundação da Rede Amazônica de Televisão, que ele seguiu como modelo para a implantação do Sistema Gurgacz de Comunicação-SGC.  Como se sabe, Diário, Território e Rede Amazônica fazem aniversário na mesma data.

Via Direta

*** Impressiona o visual do muro   feito de vidros da Câmara de Vereadores de Porto Velho, que é acompanhado de um mirante de vidro para ver o estacionamento da Casa Legislativa como se isto fosse uma atração *** Um desperdício de dinheiro público seguido de falta de gestão no legislativo mirim. *** Mas obras faraônicas é o que não falta em Porto Velho em certas obras públicas onde predominam os “rachids” ***Trocando de saco para mala: até agora a prefeitura de Porto Velho não decidiu o que fazer com os esqueletos dos prédios abandonados ou já condenados como é o caso do edifício Aquarius, no bairro Embratel *** Alguns edifícios estão abrigando viciados, mendigos e arrombadores de residências *** Também existe o velho problema  insolúvel  de casas e apartamentos populares entregues com rachaduras pelas empreiteiras cujos proprietários não tomam providências.


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas