porto velho - ro, 24 Março 2019 05:14:10

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 23/11/2018 às 07h57min

A- A+

O papel da mediação

O papel da mediação Só o Rio Negro possui mais volume do que toda a água doce da Europa, afirma a ciência geográfica. Nada como a..

O papel da mediação

Só o Rio Negro possui mais volume do que toda a água doce da Europa, afirma a ciência geográfica. Nada como a exuberância da natureza brasileira para fazer vibrar o patriotismo dos cidadãos e elevar a autoestima do povo.

Já é sabido, joia da sabedoria popular, que tristezas não pagam dívidas, mas as alegrias necessárias para pagá-las e também para vencer o medo que toma conta da nação terão que vir do bom aproveitamento da água e do verde que a floresta apresenta, da força e da inteligência dos povos. Enfim, das possibilidades econômico-sociais das Amazônias Verde, Amarela e Azul.

Uma notícia curiosa sobre a água amazônica é que cada uma das grandes árvores da região pode transferir, por dia, até 500 litros de água do solo à atmosfera. É como uma esponja que suga a água da terra e a joga no ar, processo que beneficia toda a América do Sul.

O papel de mediação que as árvores fazem entre a terra e o céu nesse ciclo hídrico precisa ser exercido pelos parlamentares eleitos para que o melhor da base também chegue à cúpula os gestores. Parlamentar de qualidade sempre faz a ligação mais perfeita entre povo e governo.

………………………………….

Em colapso

O governo Confúcio/Daniel Pereira, considerado pelo tesouro nacional, com a segunda melhor performance fiscal entre os estados, vai entregar ao sucessor Marcos Rocha a saúde e segurança pública em colapso. A coisa desandou de vez, mas a atual gestão, juntando trocados, está conseguindo levar a bom termo o pagamento do funcionalismo e dos fornecedores.

Idas e vindas

Com idas e vidas, seguem entendimentos entre os deputados eleitos e reeleitos para a nova composição da mesa diretora da Assembleia Legislativa. De um lado já esta montado o chamado G10, que lançou um candidato de passado honrado e de outro os deputados Laerte Gomes, Jean Carlão de Oliveira e Jair Montes, ligados a Expedito, projetam outra chapa para o embate em meados de fevereiro. Já basta o Temer!

Coisa frankstênica

Como ocorreu em gestões anteriores, com a participação de tantos políticos em aliança, a gestão Hildon Chaves se transformou numa coisa frankstênica. Tem um tiquinho do PRB, de Lindomar Garçon, um pedacinho do PR de Luis Claudio, uma porção dos manos Mariana/  Mauricinho, uma fatia do leão de Expedito, e assim por diante. Com isto, falta unidade e cada segmento puxa a brasa para sua sardinha.

Mutirão fiscal

Como a necessidade faz o sapo pular, com o caixa zerado, a prefeitura de Porto Velho realiza um mutirão fiscal neste sábado, em conjunto com o Tribunal de Justiça, anistiando juros de todos os seus impostos atrasados, inclusive daqueles já em cobrança judicial. É uma grande oportunidade para os contribuintes em atraso – e até para os caloteiros renitentes – economizar.

Passa a boiada

Na fronteira rondoniense com a Bolívia, numa extensão de mais de mil quilômetros tem passado boi, passado boiada. É urgente que o novo ministro da Justiça Sérgio Moro venha investigar o que esta acontecendo em nossa divisa com o pais vizinho com tráfico de armas para os morros do Rio e São Paulo, tráfico de entorpecentes, contrabando descaminho em larga escala.

Via Direta

*** Faltando ainda à mobília do moderno prédio, a ALE só deve se mudar em janeiro para a nova sede *** O MDB, depois da derrota de Maurão e dos Raupps começa a juntar os cacos visando para as eleições municipais *** Agora sob o controle de Confúcio e Lucio Mosquini *** Ji-Paraná teve um baita presente de aniversário com a Operação da PF que levou uma cambada de corruptos, inclusive peixes graúdos da cidade, para a cadeia*** A coisa ainda vai ter mais desdobramentos…


Escreva um comentário

Arquivos de colunas