porto velho - ro, 11 Janeiro 2019 08:14:56

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 11/01/2019 às 07h54min

A- A+

O PDT terá candidato próprio a prefeitura de Porto Velho

Os museus do crime Raridades num mundo que prefere ver o lado róseo da vida, os Museus do Crime cumprem função de suma importância, a..

Os museus do crime

Raridades num mundo que prefere ver o lado róseo da vida, os Museus do Crime cumprem função de suma importância, a exemplo dos antigos, situados em Londres, criado pela Scotland Yard (1874), e Viena (Áustria). No Brasil, já são pelo menos dois, localizados em São Paulo e Manaus.  

Além de interessar aos turistas que amam os museus em geral, os Museus do Crime, ao expor imagens, detalhes e curiosidades de afrontas às leis na história, servem para completar a formação de juristas e agentes de segurança. O crime precisa ser estudado além da repressão e do castigo, a partir de suas motivações. A sogra não foi assassinada só por ser sogra: houve uma história que ao não ser resolvida acabou levando ao crime.

Reside aí, na necessidade de estudar o crime em todas as suas dimensões, a motivação para os Museus do Crime e valorizar a inteligência no combate às ilegalidades que mais prejudicam a saúde pública, os direitos humanos e os cofres públicos.

Desde os capitães-do-mato, séculos de repressão deram em pouca paz e fortaleceram os “partidos” do crime: CV e PCC marcam casas e bairros mais que siglas partidárias, que hoje, na verdade, são apenas números. Siglas, de fato, ficaram as do crime: facções, bondes, comandos. E até “guardiões” das fontes secretas de onde jorra a riqueza ilegal.

………………………………..

Falta base

Já rolam alterações nas duas chapas que vão disputar a peleja da mesa diretora da Assembleia Legislativa em fevereiro. Tanto Lebrão (MDB), como Jean de Oliveira (MDB) cogitados para disputar a presidência poderão compor com uma terceira via abençoada pelo governador Marcos Rocha. No entanto, o nome indicado, o sargento Eyder Brasil (PSL) não é

 Consenso e também pode virar brisa.

Pão e água

Em rota de colisão, mas disfarçando o sumiço do orçamento 2019, deputados estaduais e o novo governador não se entendem sobre o pagamento das emendas parlamentares para 2019. Ouvi queixas que Rocha quer tratar os deputados a pão e água num quesito constitucional, de direito, como a liberação de recursos de emendas. Vai dar encrenca das boas.

Vices cotados

Nos círculos políticos já existem cotações até para prováveis vices para a peleja revanche entre Léo Moraes (Podemos) e o atual prefeito Hildon Chaves (PSDB) nas eleições municipais do ano que vem. Para a candidatura de Léo a vice cotada  é a vereadora Elis Regina (PC do B), para a postulação do prefeito tucano, o atual presidente da Câmara de Vereadores Edwilson Negreiros (PSB).

O turismo

Eu queria questionar os senhores Prefeito e Governador que anunciaram recentemente o propósito de fomentar o turismo na capital, mas cortando recursos para o carnaval, que se constitui a maior fonte de renda do turismo para hotéis, bares e restantes em Porto Velho com os desfiles das escolas de samba atraindo contingentes do interior do estado, do Acre, do Amazonas e da Bolívia, a coisa é fomento do turismo as avessas,  um tiro no pé.

Mar de rosas

Acompanhei com atenção a entrevista do presidente da Câmara de Vereadores de Porto Velho Edwilson Negreiros ao comunicador Léo Ladeia no meio de semana. Anunciou soluções para infraestrutura, a saúde, melhorias para os bairros, licitações para uma série de obras importantes, do transporte escolar ao lixo, rodoviária, água e esgoto, etc. A chuvarada de quarta-feira destruiu o mar de rosas acalentado por Edwilson.

Via Direta

*** O PDT terá candidato próprio a prefeitura de Porto Velho no ano que vem *** Já esta em curso a formação de novos quadros na capital e no interior com apoio do Diretório Estadual *** Em Ariquemes, o prefeito Thiago Flores (MDB) já desiludiu a população: não haverá novo terminal rodoviário na cidade e nem carnaval *** As licitações foram suspensas *** E o pessoal do governo estadual que assumiu continua mais perdido do que cego em tiroteio*** É mesmo um bando de cabaços…


Escreva um comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas