Porto Velho/RO, 19 Novembro 2020 09:47:53

RobertoRavagnani

coluna

Publicado: 19/11/2020 às 09h47min

A-A+

Os ODS e o voluntariado (2)

Vamos tratar dos ODS (objetivo de desenvolvimento sustentável) e o voluntariado, pois é possível colaborar com a agenda 2030 com ações..

Vamos tratar dos ODS (objetivo de desenvolvimento sustentável) e o voluntariado, pois é possível colaborar com a agenda 2030 com ações individuais e pontuais.

Pode parecer pequeno, mas ações feitas por todo o mundo juntas podem efetivamente impactar nossa sociedade de forma positiva e apoiar a busca pela execução dos 17 ODS até 2030.

Objetivo 2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável

Até 2030, acabar com a fome e garantir o acesso de todas as pessoas, em particular os pobres e pessoas em situações vulneráveis, incluindo crianças, a alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante todo o ano. Acabar com todas as formas de desnutrição, incluindo atingir, até 2025, as metas acordadas internacionalmente sobre nanismo e caquexia (é uma síndrome complexa e multifatorial que se caracteriza pela perda de pesoatrofia muscularfadigafraqueza) em crianças menores de cinco anos de idade, e atender às necessidades nutricionais dos adolescentes, mulheres grávidas e lactantes e pessoas idosas.

Os voluntários já ajudam de forma bastante eficaz no apoio a organizações que tratam da diminuição da fome no país e trabalham com a potencialização de plantios comunitários, incentivo as hortas domésticas, a agricultura de subsistência entre outras ações ainda como o reaproveitamento de alimentos descartados de grandes entrepostos e grandes redes varejistas.

Essas são algumas ações importantes nesse sentido, mais vez lembramos que individualmente, apesar de mais trabalho, é possível desenvolver ações pequenas para minimizar a fome e atingir os indicies deste objetivo.

Importante dizer que diminuir a fome é apenas uma parte deste objetivo, temos que cuidar dos nossos bebês e das suas mães para que possam ser amamentados o maior tempo possível.


Deixe o seu comentário

sobre Roberto Ravagnani

Colaborador do Diário da Amazônia-  Roberto Ravagnani é autor, palestrante, jornalista (MTB 0084753/SP), radialista (DRT 22.201), conteudista e Consultor de voluntariado e responsabilidade social empresarial. Voluntário palhaço hospitalar desde 2000, fundador da ONG Canto Cidadão, Associado para o voluntariado da GIA Consultores no Chile, fundador da Aliança Palhaços Pelo Mundo, Conselheiro Diretor da Rede Filantropia, sócio da empresa de consultoria Comunidea e Membro Engage for business. www.robertoravagnani.com.br

Arquivos de colunas