porto velho - ro, 23 Julho 2019 03:04:04

Leandro Mazzini

coluna

Publicado: 07/02/2019 às 07h00min

A- A+

Os primeiros 30 dias de Governo do presidente Jair Bolsonaro

Na Canetada Nos primeiros 30 dias de Governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou mais decretos que os antecessores (Michel Temer,..

Na Canetada

Nos primeiros 30 dias de Governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou mais decretos que os antecessores (Michel Temer, Dilma Rousseff e Lula da Silva) no mesmo período.  Os decretos entram em vigor imediatamente, sem precisar passar pelo crivo do Congresso. Foram 36 editados por Bolsonaro (no primeiro mês), contra 13 de Temer, 7 e 11 de Dilma (primeiro e segundo mandato, respectivamente) e  11 e 19 de Lula (primeiro e segundo mandato, respectivamente), conforme levantamento feito pela Coluna no site da subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil.

Era Collor

Fernando Collor de Mello foi o presidente que mais editou decretos em um mês de Governo (115). Um dos decretos de Bolsonaro foi sobre a posse de arma de fogo.

Fim da saidinha

A Coluna antecipou que Bolsonaro extinguiria a Saidinha do detento em feriados. Seria por decreto, mas o ministro Sérgio Moro o convenceu de que será melhor por lei.

Turismo político

Pergunta que não cala entre gabinetes de partidos governistas: quem vai presidir a Embratur ? A briga de padrinhos está ‘uma viagem’.

Sobrou pro Piauí

A disputa entre o deputado federal Júlio César (PSD) e o ex-deputado Heráclito Fortes (DEM) por espaço no Governo Federal já tem um saldo negativo para o Piauí. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, havia marcado visita à região dos cerrados piauienses, mas por ser área de influência de Júlio César, Heráclito conseguiu desviar a rota do avião ministerial para o litoral, onde tem mais votos.

Só no ar

Isolados no sul do Estado, os produtores de soja – a maioria gaúchos e paranaenses – ficarão a ver o avião da frota presidencial passando no céu azul do próximo dia 13.

Cultivo

Abatida nas eleições de outubro, a Frente Parlamentar Agropecuária intensificou nos últimos dias o assédio aos novos deputados e senadores para recompor a bancada tida como mais influente do Congresso. A frente tinha 245 integrantes na última Legislatura e a agora conta com 118.

Colheita

Os ruralistas levaram para o primeiro almoço do ano, na última terça-feira, o presidente reeleito da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS). No evento, Maia assinou o documento de adesão à Frente que, até agora, contabiliza o apoio de cerca de 90 deputados e senadores da nova Legislatura.

Rua Marielle

 

Cinco deputadas do PSOL instalaram a placa ‘Rua Marielle Franco’ na porta dos gabinetes no 6º andar do Anexo IV da Câmara. São Talíria Petrone (RJ), Fernanda Melchionna (RS), Áurea Carolina (MG), Sâmia Bonfim (SP), Luíza Erundina (SP).

 

E agora?

 

Fogo amigo & saia justa. Carla Zambelli, deputada federal do PSL de São Paulo, comemorou no Twitter a exoneração do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, de seu partido, sem saber que ele apenas saiu para tomar posse como deputado, e retoma o cargo em breve. Álvaro é suspeito de usar laranjas para arrecadar na campanha.

 

Aliás

 

O ministro do Turismo está com problema num dos joelhos, no qual fez operação, reclama de dor constante, e pode ter de ficar de repouso por mais dias.

 

Correção

 

O nome correto do presidente do instituto Evandro Chagas do Pará, em nota publicada ontem, é Pedro Fernando, e não Fernandes.

 

 

ESPLANADEIRA

. Professor de pós-graduação em Cirurgia Plástica, Volney Pitombo participa hoje do  Simpósio Anual Baker Gordon em Miami   .    A Trama Madeiras lançou a Casa Mari para campo, praia e cidade, de madeira ecológica e pré-montada a baixo custo, projetada pela arquiteta Mariana Grobério < trancosomadeiras.com > (73) 988023054

 


Escreva um comentário

Arquivos de colunas