porto velho - ro, 11 Junho 2019 16:15:45

Silvio Santos

coluna

Publicado: 01/03/2019 às 09h16min

A- A+

Os vereadores de Porto Velho estão bem na foto carnavalesca

Os vereadores de Porto Velho estão bem na foto carnavalesca. Terça feira 26, aprovaram em segunda votação e transformaram em Lei, o..

Os vereadores de Porto Velho estão bem na foto carnavalesca. Terça feira 26, aprovaram em segunda votação e transformaram em Lei, o Projeto que transformou a Banda do Vai Quem Quer em Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do município de Porto Velho.

*********
Quarta feira 27, atendendo uma proposição do vereador Aleks Palitot 20 agremiações carnavalescas, entre elas as Sete Escolas de Samba de Porto Velho, mais 13 blocos carnavalescos como Us Dy Phora, Canto da Coruja e Banda do Vai Quem Quer foram agraciadas com Voto de LOUVOR.

*********
Alguns vereadores, não alisaram a municipalidade, principalmente quando se referiam as escolas de samba. “O que a prefeitura está fazendo com as nossas escolas de samba, é desrespeitando uma tradição que foi conquistada com muita dedicação por carnavalescos como Bola Sete, Marise Castiel, Leônidas O’Carol Chester; Mourão Paulo; Chagas Neto entre outros, que transformaram o carnaval de Porto Velho até a década de 1980 como o melhor da Região Norte.

*********
“O Voto de louvor é para se fazer justiça aos blocos e agremiações carnavalescas de nossa cidade. Enquanto legislativo, temos ciência das dificuldades enfrentadas pelos grupos na defesa dessa tradição, que representa a nossa cultura, nossa identidade”, afirmou Palitot.
**********
Infelizmente quando consegui chegar a Câmara de Vereadores naquela tarde, a seção já havia terminado, encontrei apenas os colegas felizes com o Certificado do Voto de Louvor na Mão, elogiando a iniciativa do vereador Aleks Palitot.

*********
“Zekatraca eu não queria estar na pele do presidente da Funcultural. O que bateram nele, não está escrito em nenhum gibi”, me disse uma dirigente de escola de samba.

*********
Até estranhei, pois o que falam nos corredores da Funcultural é que o presidente está em alta no gabinete do Palácio Tancredo Neves.

*********
O que cheguei a ver, foi alguns integrantes (funcionários ou comissionados) da Funcultural na plenária da Câmara. Será que estavam gravando as falas para mostrar ao chefe, ou estavam fazendo “loby”. Vai que depois daquela seção o prefeito resolva mudar a direção da entidade…

*********
Ai lembrei-me do ditado: “Nem tudo que parece é” ou “Nem tudo que reluz é ouro”. Se é assim, é melhor colocar a “Barba de Molho”;

*********
Eu hein! É preciso ter cuidado com aqueles que vivem te dando tapinhas nas costas, pois, os mesmos podem colocar várias pedras no meio do teu caminho.

********

Ta certo que “Quem levanta cabeça de pobre é avião” e “Quem põe pobre pra frente é topada”, mas é melhor ficar de “Orelha em pé” vai que o prefeito “Dê com os burros n’água”.
**********
Seu Miguel, bedel da Escola Normal Carmela Dutra na década de 1960 dizia: “Quem não sabe o que dia, miócalá”. Então vou ficando por aqui com esses ditos populares, porque “Ou é calça de veludo ou então bumbum de fora”.

**********
Lembrando que o carnaval de hoje, é todo no circuito Areal com o desfile dos blocos Us Dy Phora e Canto da Coruja. Esses dois ha muito tempo fazem o que a Vai Quem Quer vai cantar este ano: “Tudo junto e misturado”.

*********
Os dois cordões saem da rua 13 de Setembro, atrás do Santuário de Fátima. O Coruja depende do cumprimento do horário por parte do Us Dy Phora se não atrasa tudo.

**********
Hoje é o dia do carnaval de todos os ritmos, pois, se no Canto da Corujas o que toca são as marchinhas do carnaval tradicional e samba enredo.

*********
Nos Dy Phora toca do forró ao funk, do sertanejo a sofrência; do reggae ao frevo pernambucano e do brega as marchinhas carnavalescas e mais, os Djs tocando os hits das paradas de sucesso do mundo.

*********
Vai ver vão tocar até música gospel. O carnaval do Areal, é o mais completo de Porto Velho pela diversidade de ritmos. Vamos lá?


Escreva um comentário

sobre Silvio Santos

Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

Arquivos de colunas