Porto Velho/RO, 02 Setembro 2020 10:57:40
Variedades

Padre viraliza na internet após leiloar lasanha em live se balançando em uma rede

Leilão virtual arrecadou R$ 500 por um bolo arrematado e R$ 140 por uma lasanha.

A-A+

Publicado: 02/09/2020 às 10h56min | Atualizado 02/09/2020 às 10h57min

O padre Gleiber Dantas, da paróquia São Sebastião, no município de Florânia, a 216 km de Natal, viralizou na web após fazer um leilão virtual se balançando em uma rede. A live foi realizada na noite de segunda-feira (31), nas redes sociais do Santuário de Nossa Senhora das Graças, dentro das comemorações à santa, padroeira da cidade.

O padre Gleiber abriu a transmissão cantando: “Quando eu estiver com sono, meu amor, balance eu, balance eu! Quando chegar a hora da live, meu amor, acorde eu, acorde eu”. Segundo ele, a ideia de colocar uma rede no cenário da live foi para fazer relação com a transmissão nas redes sociais. “Eu estava aqui me balançando na minha rede, esperando a hora de entrar ao vivo com você que está também aí na sua rede, na sua cama, na sua sala”, explica durante o programa virtual.

A live contou com apresentações musicais e entrevistas, mas o que chamou a atenção mesmo foi outra parte da programação. O padre leiloou bolos, biscoitos e até uma lasanha. O dinheiro arrecadado será usado na ampliação do Santuário de Nossa Senhora das Graças.

Os lances dados durante a live foram generosos. Um dos bolos foi levado por R$ 500 e a lasanha foi arrematada por R$ 140.

Sobre a repercussão da live nas redes sociais, o religioso disse que ficou surpreso. “Isso começou com meu primo, que trabalha com jornalismo e edita vídeos, ele viu a cena e colocou no Twitter. O vídeo já tem mais 140 mil visualizações”, afirma padre Gleiber. Para ele, tudo é muito positivo, já que “o Seridó fica mais conhecido e o nosso santuário cada vez mais divulgado também, em todo o Rio Grande do Norte”, comemora.

Além do padre, o auxiliar dele na live também ficou famoso nas redes sociais. Ao leiloar a lasanha, os gritos de “segure a lasanha, Carlinhos” divertiram o público que acompanhava a transmissão.

“Todo o nosso trabalho é realizado com doações dos floranienses e, por trás de mim, existe uma rede de colaboradores. Todos são muitos generosos, o que ficou mais famoso foi o irmão Carlinhos porque eu tive que dizer várias vezes ‘segure a lasanha, Carlinhos'”, se diverte o padre Gleiber. (Inter TV Cabugi)



Deixe o seu comentário