porto velho - ro, 21 Setembro 2019 11:36:19
    Polícia

    Pai é acusado de jogar filho de 10 meses em rio e depois ir a bar

    De acordo com a polícia, o homem foi visto por um "número significante de testemunhas"

    A-A+

    Publicado: 13/09/2019 às 11h46min | Atualizado 13/09/2019 às 11h47min

    Foto: Reprodução/Facebook

    Um homem foi preso suspeito de jogar o filho de apenas 10 meses dentro de um rio. Zak Bennett Eko, de 22 anos, foi visto por um “número significante de testemunhas”, de acordo com a polícia de Manchester, na Inglaterra, que ainda não descobriu o que motivou o crime.

    “Atualmente, temos um suspeito em custódia, que será interrogado pelos detetives. No entanto, nossa investigação não para por aí e precisamos de informações para nos ajudar a obter respostas para os entes queridos desse menino”, disse o inspetor Wes Knights. Segundo o The Mirror, Eko foi preso em um bar depois que a criança foi encontrada.

    Knights explica que os investigadores esperam mais testemunhas apareceram com versões que possam ajudar a compreender as circunstâncias do crime que matou Zakari (Zak), batizado com o mesmo nome do pai. O menino foi achado no rio na tarde dessa quarta-feira (11/09/2019) e morreu no hospital horas depois.

    “Entendemos que o incidente tenha causado muita preocupação, o que é compreensível, mas peço que as pessoas evitem especular nas mídias sociais sobre as circunstâncias e quem pode ou não estar envolvido, pois ainda é investigação criminal”, completou Knights.

    Comoção

    Em uma rede social, a mãe de Zak demonstrou toda sua tristeza com a morte do filho, afirmando que abraçou e beijou a criança em seus momentos finais com ele no hospital. “Queria que eu estivesse morta no lugar dele”. Ela afirma que viu o menino pela última vez quando o acusado saiu com ele para comprar leite.

    Fonte: metropoles



    Escreva um comentário