Porto Velho/RO, 13 Setembro 2021 12:55:02
Política

Palitot discute Patrimônio Histórico em reunião

O Trabalho conjunto de Entidades e Órgão oficiais vem surtindo efeitos positivos na revitalização da capital

A-A+

Publicado: 13/09/2021 às 12h54min

Foto: Divulgação

Discutir as obras de revitalização da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, esta foi a pauta da sétima reunião da Comissão Permanente de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo da (CPCELT/2021) da Câmara de Vereadores de Porto Velho realizada na quinta-feira (09) no Plenarinho da Casa Municipal de Leis.

Presidida pelo vereador Professor Aleks Palitot o encontro contou com a presença do Vice-Prefeito Maurício Carvalho, da Secretária Gleyce Bezerra (Semdestur), do Presidente da Funcultural Márcio Miranda, da Deputada Federal Mariana Carvalho, representantes do Iphan, SPU, Unir e Fecomércio.

“A nossa pauta principal neste encontro foi o Patrimônio Histórico de nossa cidade. À pedido da Universidade Federal de Rondônia, professores dos cursos de Engenharia e Economia apresentaram um projeto de revitalização dos trilhos da EFMM, saindo da estação até a Unir, passando pela Vila Princesa. Essa é uma iniciativa que visa além do investimento turístico a criação de um modal ferroviário como meio de transporte para atender os estudantes”, explicou o edil.

Resgate histórico

Houve ainda durante o evento a apresentação da Funcultural, do projeto de revitalização das locomotivas e outros equipamentos como vagões e o guindaste, além do plano de trabalho para a conclusão das obras do complexo.

Segundo o Vice Prefeito, Maurício Carvalho, “além do resgate da nossa história, é importante a conclusão da obra do Complexo da EFMM, pois também irá gerar renda. Faltam apenas 10% para a conclusão, serviço que está a cargo da Santo Antônio Energia”, afirmou o Vice Prefeito.

Para o Presidente da Funcultural, Márcio Miranda, a previsão é de que até dezembro se possa inaugurar o Complexo e em 2022 o projeto Museu Rio possa também ser concluído e entregue à população.

Frentes de trabalho

A Semdestur apresentou o projeto de revitalização do Cemitério da Candelária e do Cemitério das Locomotivas. Outro projeto que despertou bastante interesse dos presentes foi o memorial das Caixas D’Água, que será construído juntamente com o calçadão cultural interligando através da avenida Santos Dumont a Praça Aluízio Ferreira à Praça das Três Caixas D’Água criando um espaço para a economia criativa em Porto Velho.

Segundo a Secretária Gleyce Bezerra, alguns dos projetos da pasta estão em analise de viabilidade pela Prefeitura. “Há uma pendência de documentação, mas estamos trabalhando para entregar estes projetos à população o quanto antes”, afirmou a secretária da Semdestur.

Participaram do encontro a Fecomércio, representando o empresariado que firmou parceria para atender as demandas da cidade envolvendo a questão patrimonial. O Iphan e o SPU, órgãos Institucionais Federais que fiscalizam e salvam guardaram toda a parte patrimonial da Figura A, terra pertencente a União e onde esta a EFMM até a localidade de Santô Antônio.

Aporte Financeiro

A presença da Deputada Mariana Carvalho abrilhantou o encontro e a garantia de recursos para implementação destes projetos irá impulsionar estas ações na capital. É valido lembrar que o projeto de revitalização dos equipamentos já possui recurso garantido.

O projeto dos Cemitérios da Candelária e locomotivas, também está assegurado, faltando agora apenas o recurso para a revitalização da linha férrea. Estiveram também presentes dois ferroviários Seu Moisés e Lord Brown e representantes da Associação de Moradores Tradicionais do Bairro Triângulo. (A.I)



Deixe o seu comentário