Porto Velho/RO, 06 Dezembro 2019 22:20:10
    Educação

    Pedidos de reaplicação do ENEM devem ser feitos até dia 18

    Mais de 5 milhões de participantes se inscreveram – o menor número da história da prova – e 3,7 milhões fizeram as provas.

    A-A+

    Publicado: 13/11/2019 às 15h54min

    Quem teve problemas com logística ou se sentiu prejudicado durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 deve fazer o pedido de reaplicação da prova até a próxima segunda-feira (18).

    A solicitação deve ser feita na Página do Participante. O estudante deverá fornecer o número do CPF e a senha cadastrados, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

    O exame foi aplicado durante os dias 3 e 10 de novembro. Mais de 5 milhões de participantes se inscreveram – o menor número da história da prova

    Dos 5.095.388 inscritos confirmados, 3.709.809 estiveram presentes, ou seja 72,81%. Os ausentes foram 1.385.579, o que representa uma abstenção de 27,19% – também a menor da história do exame.
    O gabarito oficial será divulgado nesta quarta-feira (13).

    Pedido de reaplicação do Enem 2019

    Segundo o Inep, o estudante deverá fazer o pedido de reaplicação caso tenha sofrido algum problema com a logística da prova ou algum outro fato que o tenha deixado em desvantagem em relação aos demais candidatos.

    O órgão avisa, no entanto, que a solicitação não significa o direito à reaplicação. O pedido deverá ser analisado pelo instituto para ver se o problema relatado se enquadra nos critérios do Inep.

    Segundo o Inep, problemas de logística são:

    Desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do exame, devido ao comprometimento da infraestrutura do local).

    Falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural).

    Estrutura imprópria do local de prova.

    Erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que cause comprovado prejuízo ao participante.

     

    Fonte: G1



    Deixe o seu comentário