porto velho - ro, 20 Agosto 2019 18:57:49
Política

PELO RALO: Câmara de Porto Velho consome R$ 44,33 milhões por ano

Com 400 funcionários entre efetivos e comissionados, metade dos recursos vai para pagamento salários e diárias

Por Jocenir Santanna
A- A+

Publicado: 17/04/2019 às 16h05min | Atualizado 17/04/2019 às 16h06min

Os números estão detalhados no Portal de Transparência do site mantido pela Câmara Municipal de Vereadores de Porto Velho e são de impressionar. Enquanto o município enfrenta um dos seus piores períodos no que diz respeito a infraestrutura, saúde, educação e ação social, o legislativo portovelhense gastou em 2018, apenas como salários e encargos sociais da folha de pagamento mas de 20 milhões de reais.

Além da folha de pagamento, gastos com constantes reformas no prédio da Câmara consomem recursos do município

São mais de 400 funcionários, entre concursados e comissionados, que servem aos 21 vereadores, responsáveis por fiscalizar o executivo municipal, propor leis e representar o povo em suas reivindicações, função para qual recebem mensalmente R$ 13.551,97, mais benefícios como carro, gasolina, passagens aérea, assessores e outras vantagens.

Trata-se de uma média mensal de R$ 1,8 milhão, gastos apenas com manutenção de pessoal, chegando a quase R$ 3 milhões no mês de dezembro, com o pagamento do 13° salário. O valor mensal repassado pela prefeitura para a Câmara de Vereadores é de R$ 3.694.886,67, o que perfaz um total médio anual de R$ 44.338.640,04 (com base nos valores de janeiro e fevereiro de 2019).

Composição da Câmara de Vereadores em 2018, ano a que os dados se referem

Os recursos acima discriminados são apenas o que diz respeito a folha de pagamento, sem contar os gastos com a manutenção da casa, reformas, ampliações, combustíveis dos carros oficiais, aquisições de veículos e despesas com diárias para viagens para fora do município, como a realizada no mês de fevereiro, quando acompanharam o prefeito Hildon Chaves em uma visita a Goiânia, que custou aos cofres públicos os valores de R$ 12.496,68 com o pagamento de diárias, mais passagens aéreas.

 

Custo-benefício

Não é a toa que a população de Porto Velho tem reclamado tanto do legislativo municipal. São 21 vereadores que tem o compromisso de comparecerem a duas reuniões por semana na Câmara Municipal, com um custo muito além do que recebe qualquer trabalhador. A necessidade de 400 servidores para atender o legislativo também tem sido bastante questionada. Recentemente o Ministério Público mandou o ex-presidente Jurandir Bengala exonerar 50% dos cargos comissionados e realizar concurso público para contratação dos servidores. Parte dos servidores foi exonerada, o concurso público foi realizado, mas os aprovados ainda não foram chamados.



Escreva um comentário