Porto Velho/RO, 31 Agosto 2021 23:15:29
Diário da Amazônia

Pessoas com sintomas de Covid-19 em Vilhena têm novo local para atendimento

Secretaria Municipal de Saúde centralizou serviços relacionados ao novo coronavírus para facilitar logística de pacientes

A-A+

Publicado: 01/06/2021 às 08h43min | Atualizado 01/06/2021 às 08h44min

Foto: Divulgação

Vilhenenses que tenham sintomas de Covid-19 devem procurar atendimento no Ambulatório Covid-19, localizado na avenida Rony de Castro, aos fundos da Câmara Municipal de Vereadores, ao lado do Instituto do Rim, próximo à Prefeitura Municipal. A unidade de saúde é mantida pela Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) que funciona todos os dias, inclusive fins de semana e feriados. De segunda a sexta-feira o atendimento é das 7h às 17h e nos sábados e domingos das 7h às 19h.

“Agora os pacientes poderão realizar suas consultas, fazer testes e ter acesso ao tratamento na Central de Atendimento à Covid-19 no mesmo ponto, que fica ali, atrás da Câmara. Isso permite que a população se desloque menos e que não precisemos mais disponibilizar ambulância para levar os pacientes do ambulatório para a internação, já que serão um ao lado do outro”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

Siclinda Raasch, secretária municipal de Saúde, revela a importância de a população estar atenta ao aparecimento de sintomas para que procure atendimento rapidamente. “Estruturamos nosso serviço de saúde em Vilhena para dar total assistência imediata a quem estiver com sintomas de covid-19, emitindo atestado médico, receitas, encaminhamentos para testes, orientações de prevenção ou até mesmo pedido de internação. Isso permite que aqueles que estejam contaminados fiquem mais alertas e não transmitam para os demais, além de aumentar a probabilidade de casos leves não evoluírem para casos graves”, conta.

Desde que iniciou o funcionamento, em 17 de janeiro, o Ambulatório já fez mais de 15,1 mil atendimentos, média de 108 por dia. Neste período foram identificados 5,7 mil casos confirmados do novo coronavírus em Vilhena, média de 43 por dia. (Semcom – Prefeitura de Vilhena)



Deixe o seu comentário