Porto Velho/RO, 23 Setembro 2020 09:45:49
Diário da Amazônia

PMs são homenageados após salvar criança que tentou suicídio

Luciano disse ainda que foi fundamental a atenção que uma vizinha da criança deu à situação

Por Fernando Pereira Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 23/09/2020 às 09h10min | Atualizado 23/09/2020 às 09h45min

Na manhã desta última terça-feira (22), a coordenadora do Conselho Tutelar do Segundo Distrito de Ji-Paraná, Carla Grois, realizou uma cerimonia de homenagem aos policiais militares que participaram de uma ocorrência de atendimento a uma criança de 11 anos de idade que, dias atrás, tentou cometer suicídio, mas graças à intervenção rápida dos militares, a criança pode sobreviver.

A cerimonia de homenagem teve café da manhã e entrega de um certificado reconhecimento o bom desempenho dos agentes que resultou no salvamento da criança.

“Entendemos que o trabalho deles dói fundamental para o salvamento da vida dessa criança. Por isso nós decidimos fazer esse reconhecimento. Somos gratos a eles, e sabemos da importância da Polícia Militar na comunidade”, disse Carla Grois.

Ação dos Militares

Os Policiais Militares que atenderam a ocorrência no dia e que receberam a homenagem foram: 3º Sargento Luciano Hermes Pereira (guarnição plantonista), Soldado PM André Luiz Almeida (guarnição plantonista) e Soldado PM Iago Beccaria (atendimento plantonista na central).

“Já havíamos atendido várias ocorrências dessa natureza, mas com criança foi a primeira vez. Quando nós chegamos lá e notamos que a criança já estava perdendo os sinais vitais, percebemos que não havia tempo para o bombeiro chegar ao local, aí decidimos conduzir a criança imediatamente na viatura. E nesse processo do translado, enquanto o motorista ia com muita agilidade, eu estava no banco de trás fazendo os primeiros socorros na criança. Foi esse nosso agir rápido que resultou no salvamento. A equipe médica, ao final, nos chamou num canto e nos parabenizou pela atitude, pois se demorássemos um pouco mais, a criança iria perder a vida”, narrou o Sargento Luciano.

A vizinha

Luciano disse ainda que foi fundamental a atenção que uma vizinha da criança deu à situação. “As crianças estavam sozinhas em casa, de repente essa vizinha escutou um grito e foi até lá verificar. Ela foi orientada a não tocar na criança, mas o papel dela foi fundamental, pois quando ela tocou na criança, notou que ainda estava com o coração batendo. Ela abraçou a criança, suspendeu, tirou da corda e ligou para o 190. E foi aí que o soldado Iago passou a orientar a ela sobre como proceder no prévio atendimento, e ela fez tudo que foi orientado. E aí nós chegamos ao local”, detalhou Luciano.

O caso

O caso em questão, segundo o Sargento Luciano, se passou em um domingo à noite.

‘Estamos felizes por termos salvo esta criança. Nosso anseio é que ela permaneça bem, e que cresça e seja um adulto que produza bons frutos para colaborar com a sociedade”, finalizou.

ASSISTA A MATÉRIA:



Deixe o seu comentário