Porto Velho/RO, 23 Julho 2020 12:41:41
Polícia

Policiais civis trocam tiros e matam suposto latrocida na BR-364

O criminoso estava com uma pistola 380.

A-A+

Publicado: 23/07/2020 às 12h41min

Foto: Divulgação

A troca de tiros aconteceu por volta das 12:00h desta quarta-feira (22) na altura do km 399 da BR-364, localizado próximo a Curva da Morte, entre Jaru e Ouro Preto do Oeste.

O acusado que já possui passagens por crimes como latrocínio e roubo, seguia em uma motocicleta Honda Bros, sentido Ouro Preto, ele vinha sendo acompanhado por policiais civis da cidade de Ariquemes que seguiam em uma caminhonete Mitsubishi Triton preta, descaracterizada. Na referida altura, os policiais deram voz de parada ao mesmo que desobedeceu a ordem e tentou se evadir, mais foi alcançado. Em determinado instante o criminoso pulou da motocicleta e tentou se embrenhar no matagal, um Policial Civil desceu da viatura para segui-lo, porém foi recepcionado a tiros, este revidou e acabou por acertar um disparo fatal no criminoso que caiu na vegetação próximo as margens da rodovia.

Foto: Divulgação

Ele ainda foi socorrido e encaminhado para o hospital de Ouro Preto do Oeste, no entanto não resistiu e veio a óbito. O criminoso estava com uma pistola 380.

O Criminoso

O criminoso identificado como sendo Valdinei Rodrigues da Cruz, 38 anos, é acusado de participação em pelo menos dois latrocínios e envolvimento em roubos a mão armada, era o principal suspeito de assassinar em abril deste ano o jovem Guilherme Oliveira 21 anos, morador de Buritis, que desapareceu em Ariquemes na noite do dia 10 de abril.

O veículo de Guilherme foi encontrado abandonado no travessão da Linha 04 da RO-470 (linha 81), e Valdinei é quem estaria “desovando” o veículo. O corpo de Guilherme foi encontrado sete dias depois próximo a um igarapé em Ariquemes.

Guilherme era irmão da jovem Camila Sacoman de Oliveira, 17 anos – Garota Rodeio de Buritis em 2018 – que foi morta e teve o corpo incendiado em sua cidade nos fundos da casa da avó. Guilherme e Camila eram filhos de um ex-policial. (Jaru Online)



Deixe o seu comentário