Porto Velho/RO, 18 Agosto 2020 10:50:18
Geral

Prefeitura inaugura horta agroecológica

A prefeitura de Porto Velho inaugurou nesta quinta-feira, 11, a primeira unidade demonstrativa de horta agroecológica do município. O..

A- A+

Publicado: 13/12/2014 às 09h02min | Atualizado 21/04/2015 às 00h54min

A prefeitura de Porto Velho inaugurou nesta quinta-feira, 11, a primeira unidade demonstrativa de horta agroecológica do município. O projeto-piloto foi instalado no sítio Boa Vista, localizado no Km 2, do Ramal Maravilha, na margem esquerda do rio Madeira.

Arnaldo Mendes é o proprietário do sítio onde foi instalada a unidade demonstrativa

Arnaldo Mendes é o proprietário do sítio onde foi instalada a unidade demonstrativa

Idealizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric), o projeto faz parte do PFPA (Programa de Fomento à Produção Agroecológica) lançado pelo prefeito Mauro Nazif e que visa implantar em Porto Velho uma agricultura limpa, livre de agrotóxicos.
“Buscamos com esse projeto otimizar a integração entre a capacidade produtiva, com o uso e a conservação da biodiversidade e também dos demais recursos naturais, na busca de um equilíbrio ecológico, eficiência econômica e justiça social”, afirmou o secretário Leonel Bertolin.

O proprietário do sítio, Arnaldo Mendes, é, como gosta de dizer, agricultor desde sempre. Começou na profissão aos 12 anos ajudando o pai na roça. Tinha uma área na mesma região, próxima ao rio Madeira onde tinha uma produção diversificada.

“Lá eu plantava um pouco de tudo, açaí, cupuaçú, mandioca, feijão, verdura. Cheguei a tirar de três a quatro mil maços de verdura. Mas com a enchente perdi tudo. Estou tendo agora a oportunidade de recomeçar, num lugar mais seguro e distante do rio”, disse.
Na unidade-piloto, neste primeiro momento, o foco é o cultivo de verduras e hortaliças, mas pelo projeto é possível plantar espécies intercaladas, usar plantas “companheiras”, fazer a rotação de culturas, controlar formigas e lesmas, manejar a vegetação espontânea, usar plantas repelentes, usar resíduos orgânicos, entre outras possibilidades de cultivo.

Unidade será local de treinamento

O secretário Leonel Bertolin, da Semagric, adiantou que a unidade será importante não apenas porque possibilitará a geração de renda à família do agricultor Arnaldo Mendes, mas também porque servirá de base de treinamento a outros agricultores.

Esse projeto será uma referência. E a visão do prefeito Mauro Nazif é melhorar a qualidade de vida dos agricultores familiares de Porto Velho”, disse o secretário.

No planejamento da prefeitura, estão projetadas para serem implantadas um total 12 unidades demonstrativas em regiões da capital e também nos distritos como Extrema, que terá dois projetos (um no pátio da escola 13 de maio). Outra unidade será instalada na Associação de Mulheres de Rio Pardo e quatro em Porto Velho (Ramal Maravilha, duas no setor Chacareiro e uma na Linha 32).



Deixe o seu comentário