Porto Velho/RO, 12 Dezembro 2019 13:15:25
    Geral

    Prisão em 2ª instância não deve ser julgada este ANO, diz Toffoli

    O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, afirmou hoje que, “a princípio”, o julgamento sobre prisão..

    Por Redação
    A-A+

    Publicado: 01/07/2019 às 18h49min | Atualizado 01/07/2019 às 18h52min

    O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, afirmou hoje que, “a princípio”, o julgamento sobre prisão após condenação em segunda instância não ocorrerá este ano. Há uma corrente que defende privar liberdade só após o STJ (Supremo Tribunal de Justiça) – que equivale a uma “terceira instância” – condenar. O caso depende de julgamento da Corte.

    A questão interessa, por exemplo, ao ex-presidente Lula (PT), preso desde abril de 2018 após ser condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá (SP).

    Toffoli foi questionado sobre a possibilidade de a pressão popular contra a soltura de Lula influenciar votos dos ministros.

    “Todos aqui têm couro suficiente para aguentar qualquer tipo de crítica e de pressão”, respondeu Toffoli.



    Deixe o seu comentário