porto velho - ro, 23 Agosto 2019 22:54:40

José Luiz

coluna

Publicado: 30/06/2019 às 06h00min

A- A+

Processo de integração para aproximar setor produtivo da região

Integração! Costurando um processo de integração para aproximar o setor produtivo da região, com objetivo de fortalecer o..

Integração!

Costurando um processo de integração para aproximar o setor produtivo da região, com objetivo de fortalecer o desenvolvimento econômico e social, os secretários de Agricultura do Amazonas, Petrucio Magalhães, Paulo Wadt, do Acre e Evandro Padovani de Rondônia, preparam um Termo de Intenção e Cooperação Técnica (Amacro) criando uma zona de fortalecimento para o agronegócio aproximando os três estados.

Na divisa

Ainda sem data marcada, mas possivelmente no final de julho, os governadores de Rondônia, Marcos Rocha, do Acre, Gladson Camelli e do Amazonas, Wilson Lima, se encontram na região da Ponta do Abunã, tudo levando a crer que sejam no entroncamento dos três estados, as margens da BR 364 no distrito de Nova Califórnia, para sacramentar o documento histórico e ouvir, os reclames dos produtores rurais daquela vasta área, até então praticamente esquecidos pelos poderes públicos.

Todos ganham

No ponto de vista do secretário de Agricultura, Evandro Padovani, como a EMATER, já presta assistência técnica a pequenos e médios produtores rurais, tanto no lado do Amazonas como no Acre, essa interação de maneira clara com o aval dos três governadores facilitará, o atendimento aos produtores rurais. São sinais dos tempos, os pequenos para sobreviver também precisam se unir.

Missão complexa

Os governadores, Marcos Rocha e Gladson Camelli, conseguiram junto ao governo federal a conclusão da ponte sobre o rio Madeira, na Ponta do Abunã. A segunda missão é essa um pouco mais complexa será de conseguir recursos para tapar os buracos da BR 364, por lá, os veículos realizam verdadeiros zigue-zague desviando das crateras.

Bom para todos

Na opinião do empresário Vagner Álvares, produtor de café e bovinos da raça senepol, no Acre, a construção da ponte sobre o rio Madeira, na Ponta do Abunã, vai favorecer o desenvolvimento do agronegócio em consolidar a ligação entre os dois estados consolida o caminho rumo ao Pacífico.

Banco do povo desburocratiza

Com a proposta de ampliar, desburocratizar e modernizar o sistema de aplicação do crédito orientado para os pequenos e micros empreendedores rurais e urbanos, o Banco do Povo vem colocando em prática com sucesso, as novas diretrizes, conforme explica Manoel Serra, presidente da Instituição. Tendo como principal parceiro, o governo do estado, o Banco do Povo está financiando de R$ 300 a R$ 30 mil, beneficiando centenas de famílias.

Muita fumaça

Percorrer a BR 364 das margens do rio Madeira até a fronteira com o Acre, pela Br 364 numa distância de 160 quilômetros, a fumaça cobre toda a região desde o  vilarejo de Vista Alegre do Abunã a Nova Califórnia, invadindo o território acreano. Parece até que botaram fogo no mundo, queimando campos e matas, nas grandes, pequenas e médias propriedades rurais.

Finalizando

Desejando uma boa leitura, bom final de semana, vou ficando por aqui. Se nada mudar, na semana que vem voltarei, pois, como dizia Sócrates, não aquele jogava no Corinthians, mas o filosofo, “na vida nada é eterno, tudo passa”.

 


Escreva um comentário

sobre José Luiz Alves

José Luiz Alves, é jornalista. Apresenta aos sábados das 6h às 8h na Rede Tv Rondônia! o programa Campo e Lavoura, com informações ao homem do campo e produtores rurais, em cadeia com seis emissoras de rádios para todo o Estado de Rondônia.

Arquivos de colunas