Porto Velho/RO, 07 Abril 2021 10:27:34
Diário da Amazônia

Professor Miguel Nenevê lança livro inspirado em sua trajetória de vida

O autor relata a importância da educação como fator de transformação social 

Por Redação Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 07/04/2021 às 10h26min | Atualizado 07/04/2021 às 10h27min

Divulgação

O professor da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Miguel Nenevê, lançou o mais novo livro autoral “Até parece que foi ontem: memórias, educação e descolonização”. O livro é definido como um registro de memórias e reflexões. “É uma discussão sobre a importância da educação para a descolonização, promovendo o conhecimento local. É isso que propomos discutir nesse livro e influenciar as pessoas a pensarem sobre isso”, explicou o autor. 

Em Porto Velho os exemplares estão disponíveis na Livraria Central. O lançamento ocorreu em Santa Catarina, sua terra natal e onde inspirou grande parte da obra, mas na próxima sexta-feira, 9 de abril, o autor estará participando de uma conversa interativa pelo YouTube, através do canal Professor Elvys – Dicas de português, a partir das 18 horas, pelo link https://youtu.be/ZSoato4FhY8. Falará sobre o livro e da importância da educação para a formação e transformação da vida.

O livro

Editado pela Temática, o livro tem 118 páginas sendo dividido em quatro capítulos, em que o autor discorre sobre seus primeiros passos escolares até o auge de sua vida acadêmica como professor universitário. Foi através das letras que descobriu outros sentidos para vida fora das raízes colonizadoras. As memorias descritas levam o leitor a uma reflexão sobre a importância da educação na transformação social. De leitura leve e narrativa agradável, o livro é inspirador.

Divulgação

O autor

Além de escritor, Miguel Nenevé é tradutor e professor universitário. Na área acadêmica é professor Titular, aposentado, do Departamento de Letras Estrangeiras da Unir. Atualmente trabalha como colaborador no Programa de Mestrado em Estudos Literários da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e no programa de Doutorado em Linguagens e Identidades da Universidade Federal do Acre. 

Além de livros, tem vários artigos sobre literatura, educação e cultura publicados no Brasil e no exterior. Foi professor e pesquisador visitante da Universidade Tecnológica de Texas, da Universidade de York (Canada), da Universidade da Guayana (Guiana), da Universidade de New México (Estados Unidos) e da Massarikova Univerita em Brno, República Tcheca.



Deixe o seu comentário