porto velho - ro, 02 Novembro 2019 04:39:29

    CarlosSperança

    coluna

    Publicado: 25/07/2019 às 10h52min

    A-A+

    PSDB quer moralizar legenda expulsando Aécio Neves. E os outros?

    Desfazer a imagem O presidente Bolsonaro finalmente percebeu que a imagem do Brasil no exterior é péssima e precisa de correção. Lá..

    Desfazer a imagem
    O presidente Bolsonaro finalmente percebeu que a imagem do Brasil no exterior é péssima e precisa de correção. Lá fora, o governo brasileiro é visto como destruidor da Amazônia. A imagem externa do país vai do trágico ao ridículo, mas é causada por descuido do próprio governo e não, como erroneamente se acredita, pela divulgação do que acontece no país.
    O melindroso caso da embaixada em Israel e suavizar o nazismo causaram mal estar. O governo embarcou no clima de guerra à China até perceber que ela é o maior cliente do país. Caiu na armadilha de Trump de abrir mão de facilidades na OMC em troca de nada. Hostilizou o Mercosul até descobrir que os vizinhos são importantes. Celebrou um acordo incerto com a União Europeia que pôs o Brasil submisso a monitoramento externo. Bagunçou as iniciativas financiadas pelo Fundo Amazônia e assusta investidores. Essa é a parte trágica.
    O ridículo corre por conta de uma propaganda da Embratur em inglês. Ela deveria apresentar a Amazônia como um paraíso preservado, mas só conseguiu exibir a má qualidade do Inglês dos fritadores de hambúrgueres. Não perceberam que a expressão “love us” da propaganda, que pretendia significar “ame-nos”, é melhor traduzida como “ame Estados Unidos”. A pior tradução é pornográfica. Danifica ainda mais a imagem.
    ..…………………………………………..
    As expulsões
    O Diretório Nacional do PSDB começa a discutir a expulsão dos seus corruptos para moralizar a legenda, como deseja o governador paulista João Dória. Mas a sigla é tão suja como o PT, lotada de pilantras. E a coisa já começa com dois pesos, duas medidas. Querem o ex-governador Aécio Neves fora, por tanto denegrir a imagem da legenda. Mas e os outros?

    Pão de ló
    Outros rapinadores do mesmo calibre no tucanato, casos dos ex-governadores Marconi Perilo (GO) e Beto Richa (PR), derrotados no pleito passado, ainda são tratados a pão de ló, embora tão chupins como Aécio Neves. O tucanato esta se moralizando pela metade e vai para as eleições municipais do ano que vem com a sujeira debaixo do tapete.

    Contigenciamentos
    A bancada federal de Rondônia tem que ficar atenta aos movimentos relacionados aos contigenciamentos de recursos da União. Já foram aplicados tres deles e temos obras importantes no estado que precisam de conclusão, casos da ponte sobre o Abunã, dragagem do Rio Madeira e a solução para o “meião” da BR 319, que liga Porto Velho ao grande centro consumidor de Manaus.

    Pé na estrada
    O deputado federal Mauro Nazif (PSB-RO) tem percorrido o estado nos últimos dias já costurando alianças para as eleições municipais do ano que vem. Na capital, ele próprio poderá ser candidato a prefeito, num novo embate com o atual prefeito Hildon Chaves (PSDB) e o deputado Leo Moraes, agora no Solidariedade. Nazif teve sabatina aqui na redação do Diário e no programa Leo Ladeia da Rede TV.

    Nossa economia
    Alguns segmentos da economia da capital ainda patinam, como o mercado imobiliário, o setor hoteleiro (muitos hoteis foram fechados ou alugados para órgãos governamentais), no entanto as casas de piscinas (talvez pelo verão escaldante) estão bem movimentadas. As empresas de limpeza de ar-condicionado também não se queixam. Já, para os políticos e marajás do serviço público, não tem tempo ruim!

    Via Direta
    *** Boas expectativas dos governadores da região Norte com a visita do presidente Jair Bolsonaro em Manaus *** Pauta extensa de reivindicações, com as principais lideranças da Amazônia *** A prefeitura de Porto Velho aposta nas PPPs para resolver o problema de saneamento básico na capital rondoniense *** Era uma promesa de campanha do então candidato Hildon Chaves na jornada de 2016 *** E finalmente começa o aterro da ponte do Abunã ***Os acreanos tomaram conta da ponte com bandeira e tudo!


    Escreva um comentário

    sobre Carlos Sperança

    Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

    Arquivos de colunas