Porto Velho/RO, 29 Abril 2021 08:59:37

CarlosSperança

coluna

Publicado: 29/04/2021 às 08h56min | Atualizado 29/04/2021 às 08h59min

A-A+

PT que repetir a onda vermelha aqui em Rondônia com a volta do Lula

Funcionar ou funcionar As tropas em guerra são exortadas pelos comandantes a “vencer ou vencer”. Qualquer outra opção é desastrosa..

Funcionar ou funcionar

As tropas em guerra são exortadas pelos comandantes a “vencer ou vencer”. Qualquer outra opção é desastrosa e humilhante. No caso das promessas feitas pelo Brasil na Cúpula do Clima chamada pelo presidente Joe Biden (EUA), as medidas propostas precisam funcionar ou funcionar. Qualquer outro resultado será manter a péssima imagem do país no exterior, para humilhação de seus cidadãos. Os brasileiros não merecem ouvir de xenófobos europeus que o Brasil é uma “Coronabrás”.

Três pilares da reconquista de uma boa imagem para o Brasil precisam funcionar. O primeiro é o Plano Amazônia 2021–2022, que em tese substitui a intervenção militar na floresta. Se o plano cair em descrédito, o esforço para superar o terraplanismo conspiratório do ex-ministro Ernesto Araújo voltará à estaca zero. Outro pilar é o Projeto Amazônia 4.0, que propõe um novo paradigma de desenvolvimento para a região.

Foi um fruto da própria floresta que ensinou aos cientistas o que funciona melhor: se o açaí, sem qualquer tecnologia sofisticada, pode render em média quatro vezes mais que a carne, em um sistema agroflorestal pode ser até 10 vezes mais rentável, segundo o climatologista Carlos Nobre. O terceiro pilar é a bioeconomia. Sem gritarias inúteis sobre se a Terra é quadrada ou redonda será possível unir a sociedade e trabalhar uma boa nova imagem do país lá fora. Só assim funcionará.

………………………………………………………..

Comissão de Ética

Imaginem uma Comissão de Ética implantada com um deputado estadual cassado já em todas as instâncias, que é o caso de Edson Martins (MDB-Urupá) e outro a caminho da cassação, que é Geraldo da Rondônia (Ariquemes) que cometeu tantas improbidades –desde assédio sexual até briga de rua – nos últimos meses. Pergunta-se se o organismo terá moralidade suficiente para punir Edson Lebrão (MDB -São Francisco) no caso das propinas? Resgatar a imagem do Legislativo é preciso.

O alinhamento

O prefeito tucano Hildon Chaves tem obtido o alinhamento de partidos importantes para disputar o CPA no ano que vem. O Solidariedade do ex-governador Daniel Pereira, o PR de Luiz Claudio, o PSB de Edwilson Negreiros, o Cidadania de Vinicius Miguel já estão na mesma aliança. Seguem as costuras e já se fala até que o candidato a vice do alcaide da capital virá da região central do estado e seu escudeiro ao Senado do Cone Sul, região de Vilhena.

Onda Lula

Com o ex-presidente Luís Inácio Lula recuperando a elegibilidade, os filhos pródigos do PT rondoniense estão retornando e com grandes expectativas para as eleições do ano que vem. A ex-senadora Fátima Cleide já está em campo fazendo oposição ao governador Marcos Rocha e recrutando companheiros.  Ela poderá ser a candidata do partido ao governo do estado com Ramon Cujui ao Senado. A chapa para federal já conta com os ex-deputados Anselmo de Jesus e Eurípedes Miranda, entre outros nomes fiéis ao lulapetismo. A nominata a estadual será encabeçada pelo ex-deputado Hermínio Coelho.

Novela da ponte

Com tantas datas já divulgadas desde o ano passado e tantas remarcações fica até inacreditável que o presidente Jair Bolsonaro venha a Rondônia para inaugurar a ponte sobre o Rio Madeira na Ponta do Abunã, no dia 7 de maio, a nova data anunciada pelo ministro da infraestrutura Tarcísio de Freitas. De última hora pelo menos duas vezes as solenidades foram suspensas e a credibilidade para as novas datas anunciadas tem diminuído muito nos últimos meses.

Os esqueletos

Impressiona o volume de obras paralisadas em Porto Velho nos últimos anos. Os esqueletos de prédios destinados a habitação popular, como na av. Vieira Cahula, na Zona Leste e Três e Meio na Zona Sul, próximo ao viaduto do Roque, são alguns casos que vem desde 2010, cujas edificações foram abandonadas pelas construtoras. E assim como na área de habitação, inúmeras creches estão à espera de conclusão, algumas deixadas também pela metade pelas incorporadoras. Sem dúvidas, tem muito golpe nas obras públicas municipais e estaduais nestas bandas. Bandalheiras enormes.

 

Via Direta

*** Não bastasse a proliferação de urubus e de pombos em Porto Velho – até no pátio da Estrada de Ferro Madeira Mamoré se vê a população aumentando – já se constata em algumas regiões da capital uma infestação de “catitas”, aqueles ratinhos pequenos e incômodos*** Haja gatos para dar conta de tanta demanda *** Ano de mudanças no legislativo de Rondônia, já que o deputado Aelcio da TV também foi cassado e  o representante Geraldo da Rondônia está se encaminhando para ser afastado da casa de leis ***Uma grande A festa será para os suplentes de prontidão *** Aos poucos a ex-prefeita de Cacoal Glauciony Nery vai retomando as lides políticas já pensando em eleições futuras, sempre alegando inocência no caso das propinas*** Outros ex-prefeitos cassados também estão no trecho.


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas