Porto Velho/RO, 16 Novembro 2021 13:47:31

RodrigoSampaio

coluna

Publicado: 15/11/2021 às 11h31min | Atualizado 16/11/2021 às 13h47min

A-A+

Quitar suas dívidas não irá resolver nada

O que fazer, então?

Como assim, Rodrigo? Eu não vejo a hora de quitar as minhas dívidas e você aparece do nada me dizendo que quitá-las não resolverá nada?!

Calma! Eu vou dar o meu exemplo e você entenderá o que quero dizer. No final vou deixar algumas dicas de como resolver isso.

Sempre tive dificuldades em administrar minha vida financeira, até então nunca tive dívidas, mas tudo que entrava no mesmo segundo saia imediatamente e eu não fazia a menor ideia para onde esse bendito dinheiro foi, sem contar as compras por impulso que depois me arrependia. Não sei se você está se identificando nessa história!

De repente decidi empreender. Na verdade, já tinha tido outros empreendimentos que foram um fracasso. Mas na minha cabeça esse agora seria a minha fonte da riqueza. Coitado de mim, mal sabia que a má administração novamente iria bater na minha porta.

Mas dessa vez foi além do que eu esperava. Por não saber administrar e cuidar bem do meu dinheiro, entrei em uma dívida “impagável”. Mas foi a partir desse acontecimento que decidi aprender sobre dinheiro e como colocá-lo ao meu favor e não contra mim.

Ok, Rodrigo! E o que isso tem a ver com não pagar as dívidas?

Vamos lá então… A sua mentalidade irá direcionar a sua vida! Digamos que sua dívida seja de R$ 30 mil e hoje mesmo você tenha todo esse dinheiro para quita-la. Provavelmente em um espaço de tempo muito curto, você voltará novamente para o ciclo das dívidas.

Que absurdo, Rodrigo! Nunca que eu vou quitar as minhas dívidas e voltar novamente pra elas.

Ok, não se engane. Se a sua mentalidade te trouxe até aqui para uma vida de dívidas, caso você não altere isso, logo, logo ela te trará novamente para o mesmo lugar.

E por que isso acontece então?

A sua mentalidade aprende hábitos e costumes que não são saudáveis, a maneira como você aprendeu a lidar com o dinheiro não foi correta. Mas calma, não é o fim do mundo! Irei compartilhar com você algumas dicas de como podemos mudar esse cenário:

1 – Comece a partir de hoje a viver dentro da sua realidade

Ganho R$ 5 mil e gasto R$ 6 mil. Só aqui você tem uma dívida de R$ 1 mil todos os meses.

Comece a mudar o seu padrão de vida, mude seus hábitos de consumo. Pare de adquirir produtos e serviços que não condizem com a sua realidade financeira hoje.

2 – Pare de se preocupar com os outros e viva a sua vida

Já parou para pensar que a maioria de suas compras pode ser para impressionar ou chamar a atenção de alguém? Se for assim que você quer viver a sua vida, quero te dizer que não terá dinheiro suficiente no mundo capaz de suprir isso.

3 – Abra o jogo para você

Tem muitas pessoas que vivem anos e anos tentando enganar a si mesmo sobre suas dívidas. Evitam olhar a fatura do cartão de crédito, compram por impulso para suprir uma deficiência emocional.

Eu precisei muitas vezes dizer para mim mesmo que eu não sabia cuidar do meu dinheiro e que era um péssimo administrador.

4 – Abra o jogo para as pessoas

Não estou dizendo que você precise gravar agora um story dizendo sobre suas dívidas. Mas abra o seu coração para as pessoas que você ama e confia. Isso é literalmente libertador!

Não queira ser o esposo que compra tudo em casa só para fingir que está tudo bem. Não seja a esposa que paga todas as contas para mostrar que está tudo bem. Não seja o pai que compra tudo para o filho para que ele não perceba que não está nada bem. Não seja o amigo que paga tudo para todos para que ninguém desconfie de uma vida endividada que está por trás.

Mudar uma mentalidade endividada te fará sair desse lugar o mais rápido possível. Lembre-se: Prosperidade é mais que dinheiro na conta.


Deixe o seu comentário

sobre Rodrigo Sampaio

Mentor e Palestrante, formado em Ciências contábeis desde 2015, criador do Canal no Youtube 1 Mais 1. Após a experiência de entrar em dividas em um negócio que fracassou, decidi aprender melhor sobre dinheiro. Hoje ensino pessoas a lidarem com o dinheiro e mais do que isso, como viverem a prosperidade em todas as áreas de suas [email protected]

Arquivos de colunas