porto velho - ro, 10 Fevereiro 2019 17:52:26
Cidades

Representantes do IFRO viajam neste sábado para a Campus Party

Dois ônibus levarão os alunos e servidores, saindo de Porto Velho e Ji-Paraná

Por Redação
A- A+

Publicado: 10/02/2019 às 17h51min

Se preferir, ouça a versão em áudio

Mais de 80 representantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) embarcam ontem (9) para São Paulo (SP), onde participarão da 12ª Campus Party Brasil (CPBR12). Dois ônibus levarão os alunos e servidores, saindo de Porto Velho e Ji-Paraná, para um percurso total de aproximadamente seis mil quilômetros, a ser feito em dois dias para ida e outros dois para volta. O evento inicia na terça-feira (12), na Expo Center Norte.

Parte da equipe do IFRO que participará da Campus Party 2019. – Foto: Divulgação

Segundo o Coordenador de Inclusão Social e Produtiva da PROEX/IFRO, Jairo Tschurtschenthaler Costa, a participação deste ano mostra a evolução que o IFRO vem tendo no trabalho com empreendedorismo e as novas tecnologias em desenvolvimento. “Na participação na Campus Party do ano passado, já vínhamos de uma evolução de incubadora de empresa, de trabalho com startups, participamos de competição de startups em que fomos premiados e conseguimos esse ano elevar ainda mais o patamar que é conseguir ser a instituição de ensino com maior participação da Campus Party”. O coordenador ainda enfatiza que está é uma forma do Instituto Federal de Rondônia fazer a transferência para a sociedade de todo o conhecimento desenvolvido, alcançando outros espaços. “Mostrar que são desenvolvidas aqui e que podem servir para o Brasil inteiro, mostrando desta forma o crescimento que, não só Rondônia, mas que o Instituto está tendo”, afirma Jairo.

A primeira participação do IFRO na CPBR foi 2011, e de lá pra cá a instituição veio galgando novas formas de participação, chegando em 2019 com a aprovação de oito projetos para a Campus Future e um na Startup Maker, com estudantes egressos do Campus Cacoal. Na Campus Future, quatro dos projetos participaram de edital da Reitoria e outros quatro foram classificados diretamente na Campus Party.  E não é só na Campus Party que os projetos estão participando, uma vez que destes representantes também há ideias aprovadas pelo edital de  mobilidade internacional, onde professores e alunos, do nível técnico até a graduação, participarão de intercâmbio em instituições educacionais de Portugal.



Escreva um comentário