porto velho - ro, 12 Outubro 2018 20:10:43

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 10/08/2018 às 06h03min

A- A+

Riquezas da terra e céu

Em junho de 2017, um meteorito caiu na Serra Pelada, no Pará. Mais raro que o ouro extraído do famoso garimpo, supõe-se que era um..

Em junho de 2017, um meteorito caiu na Serra Pelada, no Pará. Mais raro que o ouro extraído do famoso garimpo, supõe-se que era um fragmento do Vesta, um dos mais brilhantes asteróides do sistema solar.

Quando soube do caso, a astrônoma Maria Zucolotto, pesquisadora do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, parou tudo que fazia e partiu em busca do meteorito. Ao chegar, soube que o pedaço pretendido, de 5,4 kg, já havia sido levado por um comprador estrangeiro.

Brote da terra ou caia do céu, as chances de alguma riqueza amazônica chegar antes às mãos de estrangeiros que dos nossos patrícios são sempre muito grandes. Prova de que se trata de material raro e valioso é que algumas raspas do meteorito foram compradas por R$ 37 mil.

Apesar de toda a propaganda em torno de medidas de proteção, o Ibama já indicou para este ano a possibilidade de um volume de autuações superior às feitas contra biopiratas no ano passado. Sinal de que a ação aumentou.

Desafia a imaginação supor quanto às riquezas saqueadas poderiam ajudar a Amazônia, caso aproveitadas para ações internas, a multiplicar suas vias de transporte, escolas, hospitais, urbanização, redes de esgoto e projetos de desenvolvimento.

…………………………………..

O bom senso

Com uma eleição fragmentando o eleitorado, através de nove candidaturas ao governo do estado, já se desenha que o pleito em Rondônia seja em dois turnos. Isto pode frear os ataques tão rotineiros nas eleições estaduais, já que os dois candidatos que alcançarem a etapa seguinte vão precisar de alianças para se garantir. O bom senso recomenda suportar desaforos.

As nominatas

Algumas surpresas nas nominatas apresentadas pelos partidos ao TRE. No caso dos Democratas, a homologação da candidatura do ex-vice-governador Assis Cauto a Assembléia Legislativa, no caso do PRB a postulação do ex-senador Odacir Soares como suplente do candidato ao Senado Edésio Fernandes. Até então acreditava-se que ambos tinham pendurado as chuteiras.

Votos de protesto

Explica-se a infestação de candidatos ao Senado em Rondônia nesta temporada atípica. A maioria acredita que será beneficiada por votos de protestos advindos de descontentes com os políticos profissionais, mesmo não obtendo eleição no passado aos cargos de síndicos de edifícios ou a designação para as funções de inspetores de quarteirão. E eles se sentem os caras!

Olho nos predadores

A disputa pelas 24 cadeiras a Assembléia Legislativa se tornou em Porto Velho uma peleja entre deputados estaduais locais (são oito buscando a reeleição) e 12 vereadores da capital. Além de tantos vereadores locais, os deputados estaduais enfrentam medalhões como o ex-prefeito Carlinhos Camurça e o ex-secretário de estado da saúde Willians Pimentel.

A inflação local

O custo para perfurar o poço amazônico (aquele do fundo de casa) já esta em R$ 250,00 o metro escavado em Porto Velho. Não passava dos R$ 150,00 no ano passado. O milheiro de tijolos encontrado no inverno amazônico (a nossa estação das chuvas) até R$ 250,00, esta beirando os R$ 400,00 neste verão. Subiu o preço da galinha caipira e o dourado esta mais caro que a carne bovina. Coisa de louco!

Via Direta

*** A projeção de uma seca severa em Rondônia já preocupa as autoridades ambientais. Os rios estão baixando rapidamente *** O segmento da construção civil em Porto Velho segue sua via crucis atingindo também seriamente o mercado imobiliário cujas vendas despencaram *** Em crise, os tucanos trocam bicadas a torto e a direito fazendo inveja aos bárbaros do MDB ***Já alinhado a aliança PDT/PSB/PP/PR o PT estima emplacar um deputado federal e dois estaduais em Rondônia.


Escreva um comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas