porto velho - ro, 14 Outubro 2019 16:53:36
    Diário da Amazônia

    RO: Oficina com Conasems destaca preparativos para regionalização

    A reunião contou com a presença dos secretários de saúde, junto com gestores de saúde, técnicos estaduais e municipais.

    A-A+

    Publicado: 09/10/2019 às 16h48min | Atualizado 14/10/2019 às 16h53min

    Foto: Gilmar de Jesus

    Durante a I Oficina de Pactuação Macrorregional, que aconteceu na última terça-feira (8), em Porto Velho (RO), o Secretário executivo do Conasems, Mauro Junqueira, destacou o foco do Ministério da Saúde para os preparativos da regionalização. A reunião contou com a presença dos secretários de saúde, junto com gestores de saúde, técnicos estaduais e municipais.

    Realizada pela parceria do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e Hospital Alemão Oswaldo Cruz, via PROADI SUS, a oficina do projeto “Fortalecimento dos Processos de Governança, Organização e Integração da Rede de Atenção à Saúde”, destacou assuntos pertinentes e abordou o protagonismo que a entidade está dando às discussões sobre a regionalização.

    Com o propósito do assessoramento para o desenvolvimento de ações de intervenção macrorregionais, o projeto Fortalecimento dos processos de governança, organização e integração da Rede de Atenção à Saúde (Regionalização) fortalece os processos de governança, organização e integração da Rede de Atenção à Saúde e o fomento à construção do Planejamento Regional.

    Um dos assuntos pontuados por Mauro foi referente ao financiamento da saúde, que segundo ele necessita uma mudança pertinente a forma do custeio da atenção básica junto ao Ministério da Saúde. De acordo com Junqueira, já existe o trabalho de propagação da informação pelo país. Mauro adiantou que Porto Velho será a sede do próximo Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde, que acontece em março do ano que vem.

    O Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde é um encontro onde são discutidos temas específicos dessas regiões, como a dificuldade de fixar profissionais médicos, por exemplo. Esses debates fomentam as discussões no congresso nacional do Conasems, que acontece no próximo ano em Campo Grande (MS).

    Fonte: Assessoria



    Escreva um comentário